segunda-feira, 19 de abril de 2010

Pecados Gamísticos do Leo S.

Sim, posso ser novato nesse esquema de blog, mas como retrogamer já sou idoso, hehe. Porém, como não sou conhecido, não fui convidado a participar do meme fantástico do Gameretrô sobre as confissões dos "Pecados Gamísticos". Mas conversando com o GLStoque, recebi o incentivo que faltava para confessar os meus pecados. E depois farei a segunda parte "Pecados Gamísticos: A Redenção", muito bom a iniciativa por sinal!
Certo, antes de qualquer coisa vamos esclarecer algo: Sou seguista de coração. Não odeio a Nintendo, pelo contrário, adoro Mário Bros, Megaman e Cia. Jogava muito na casa dos amigos, tanto o nitendinho quanto o SNES, este mais nas locadoras. Mas meu negócio é SEGA. Principalmente Master System, obviamente. Portanto meus pecados mais graves são referentes ao console em questão, independente de quão importante possa ser para os nitendistas, ok?
Explicado isso, começaremos pelos meus pecados referentes a Nintendo e só depois passaremos a SEGA.
Bom, estou um pouco nervoso, mas vamos lá:

5ª posição - "The Legend of Zelda" (NES)

Nuuuunca joguei. Não sei nem ao certo se o desenho ilustrativo acima é correto. Só sei que o herói se chama Link (eu hein?), a princesa se chama Zelda e... sei lá, que mais? Bom, o jogo é uma franquia de sucesso, isso eu sei, sempre tive curiosidade, mas nunca passou disso. Acho que é preconceito meu, acho o protagonista com cara de gnominho, acho que é o gorro verde. Não me chama atenção. Tenho certeza que muita gente vai me enterrar vivo depois de falar tudo isso, provavelmente com razão, pois se a série tem tanto sucesso deve ser excelente. Putz, que remorso que bateu agora.


4ª posição - "Donkey Kong" (SNES)



Calma!!! Muita calma nessa hora. Eu já joguei Donkey Kong do SNES. Aliás, adorava esse jogo! Mas eu só joguei o Donkey Kong Country. Só! Meu amigo tinha e só falava desse jogo, do quanto era legal e como ele jogava, etc e tals. Eu, como bom seguista da época nem dava bola. Um belo dia fui à sua casa e resolvi experimentar. Gamei, não consegui parar de jogar. Voltei a sua casa diversas vezes pra jogar. Mas parei por aí, mesmo amando o jogo. Por quê? Não sei. Eu queria mais, tive ímpetos de comprar o SNES só por causa desse jogo. Mas o pior que só ficou nisso, nunca mais fui atrás pra saber dos outros jogos da série, nem depois com emuladores. Vergonhoso, eu sei!


3ª posição - "Alex Kidd in the Enchanted Castle" (Mega Drive)



Oh fuck... fuck, fuck, fuck!!!! Não acredito que tô admitindo isso... Ai, perdi qualquer moral agora. Espera, deixa eu explicar. Eu já joguei o famigerado "Alex Kidd para o Mega". Gostei? Não vem ao caso. Evolui no jogo? Nããooo... Aff. Eu nunca nem sai da primeira fase. Meu primo que tinha o Mega, tinha diversos outros cartuchos como Sonic, Quack Shot, Castle of Illusion, Streets of Rage. Jogávamos todos. Quando tentávamos jogar Alex Kidd, mudávamos de idéia. Chegamos ao cúmulo de desligar o Mega Drive ir até a locadora, pegar Alex Kidd in Miracle World e correr jogar no meu Master System na minha casinha e não sei por quê, mas aliviados. Nunca vou entender o por quê de tanta aversão. Talvez seja alguma fobia e se eu enfrentar pra valer, isso passe. Pronto, pode me massacrar, eu aguento... snif...


2ª posição - Shadow Dancer (Master System)



Hehehe... agora to fudido mesmo! Eu admito! Nunca zerei o jogo, nem com save state no emulador. Eu amava os gráficos, o estilo, a música. Mas esse game é muito difícil. Eu comprei o cartucho e jogava direto... e o máximo que consegui foi chegar no chefão da segunda fase, aquele maldito trem. Não adianta, Shadow Dancer do Master System nunca foi minha praia. É um pecado gamístico sem precedentes, principalmente pelo fato de que eu tinha o game. Sem perdão, eu sei.

1ª posição - Phantasy Star (Série)



Opa, não atire a pedra ainda. Bom, você pode até atirar, mas faça pelo motivo certo ok? Olha só, eu joguei Phantasy Star. Eu zerei Phantasy Star. Eu voltei a jogar diversas vezes novamente Phantasy Star. Eu amo Phantasy Star. Mas não a série. Só o jogo um. Aquele do Master System. Eu tentei jogar as continuações. Não consegui. Odiei, todas. Eu só consigo gostar do lindo jogo do meu querido console 8 bits. Eu sei que a série é querida, não apenas o jogo. É por esse pecado estrondoso de um amante desse game que eu precisei confessar isso colocando em primeiro lugar da lista. Sejam caridosos e me absolvam, pode ser? Ou terei que me redimir em busca de perdão? Xi...

É isso, com certeza tenho outros pecadinhos que não me recordo agora, pois não me incomodam a consciência tanto quanto esses... quem sabe voltamos a falar disso mais pra frente?

Fui, to saindo de fininho, envergonhadasso!

9 comentários:

  1. Nossa! Você é rápido. Ou então sua consciência estava pesando muito na cabeça.

    Zelda é um pecado muito grande. Pelo menos A Link to The Past de SNES que é o mais popular de todos (chupa Ocarina) você deve tentar. É amigável e excelente.

    Pra Donkey Kong ainda há esperança, faltam só dois jogos que mereçam ser jogados, portanto já está quase livre.

    Sabe porque você nunca
    jogou o Alex Kidd de Mega Drive?

    Porque o jogo é ruim. Simples assim.

    A série Shinobi merece mais atenção. É quase uma obrigação ter terminado pelo menos um deles. Anda logo e detona o seu preferido.

    Phantasy Star? Acredito que o primeiro já é um grande feito, mas a mecânica dos jogos posteriores tem que ser aproveitada. Não deixe passar.

    Você não está muito diferente do resto dos pecadores da Blogsfera Retrogamer, o que vai fazer a realmente diferença será como você vai administrar isso daqui pra frente.

    Boa Sorte na Redenção!
    Arrasa Nem!

    ResponderExcluir
  2. Valeu!!!
    Bom, o esquema é não perder tempo, vou começar pelo Donkey Kong. Iniciarei minha redenção o quanto antes!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Cara,

    O Phantasy Star IV do Mega é o melhor da série. Foda demais!!

    ResponderExcluir
  4. Boa dica Kleyner, vou testar esse! Aliás, vou jogar todos, mas vou dar uma atenção especial ao IV. Valeu!!!

    ResponderExcluir
  5. Você vai gostar muito. Há bastantes referências ao PS1 do Master. Tenho certeza de que você escreverá a respeito do jogo.

    ResponderExcluir
  6. Começaremos pelo início, óbvio!
    Phantasy Star é um clássico, quem em sã consciência não jogou não conhece a história e os jogos "realmente bons" do Master.
    Shadow Dancer eu concordo é difícil pacas também não tive saco pra ele (um tiro e vc morre?) que raios de ninja é esse?
    Alex Kidd e o Rio que o partas! Só mesmo o Miracle World salva, o Shinobi World até tentei jogar mas pular e quebrar blocos com a espada não é tão simples como se pensa he he.
    Donkey Kong você vacilou, os três são bons e se quizer arriscar jogue o do N64 também, vale a pena.
    Zelda, pô todo cara que se considera um "Gamer" já jogou pelo menos o do Nes, agora o Ocarina Of Time é um marco na história dos games todo mundo sabe, então nada de desculpas!
    Abraço !
    http://mastersystemgames.blogspot.com/
    http://quemtaai-logan.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o blog!!!
    Aceita parceria?

    http://oldgamesbrasil.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. @Hadji_Gamer
    Opa, parceria aceita! Abração!

    ResponderExcluir
  9. Desses jogos somente os jogos do Alex Kidd que odiei do fundo da minha alma

    ResponderExcluir