sexta-feira, 23 de março de 2012

Master Review - Virtua Fighter Animation (1996)




Fala moçada! Rodrigo de "O Devaneio de Rute" de volta com um game muito querido por mim. Virtua Fighter Animation é um game da ultima safra do SMS. Conheci essa pérola por cortesia de um primo que me emprestou por 2 meses.
E vamos falar tudinho sobre esta versão.



Esta é uma versão exclusiva para Game Gear, cuja Tectoy fez um port pra SMS, mas não foi muito cuidadosa. Temos aqui 7 lutadores mais o chefão (pra variar!) Dural. Acredito que Jefrey da primeira versão não fez muita falta.






Cenas incríveis do Game Gear ausentes nesta versão...


MAIS "ANIMATION" QUE "VIRTUA"
Os gamers tradicionais não devem vê-lo como uma conversão, mas como um game baseado num desenho animado.... desenho animado baseado num game feito pela TBS com a Sega, alterando a estória original pra um enredo mais mangá. Akira e sua turma luta contra a gangue Koenkan (não é Cuecão como dizem certas crianças!).


Cena do Anime: Akira com seu novo kimono pra não ser coniderado
mais um Ryu Genérico.

O diferencial deste para outros fighting games é ausência de magias ou golpes bizarros, o que fazia falta num mundo gamístico em que tudo são hadoukens e fatalities. Você ganha por K.O, por Ring Out ou por Time. 
Apenas 1 lutador ausente da primeira versão. Mas pra compensar os cortes, as animações do modo story que contam o enredo do anime, as vozes de vitória no modo Vs Com, e as caras dos personagem parecendo bonequinhos fofos de mangá (A Pai é uma gracinha e usa uniforme vermelho, enquanto a versão arcade original era horrível!).

Nem parece aquela boneca quadrada
 de azul e chapéu esquisito...



Um boato ronda que o game seria pra um jogador, mas basta na tela o player 2 dar start e o Vs game aparece... estranhamente você só pode jogar com 5 personagens: Akira, a família Chan e a família Bryant. Não sabemos se dá pra habilitar outros, como o Dural, coisa possível no Game Gear. 
Durante o Story você luta e se alia aos mais diversos lutadores do game. Você consegue acompanhar o enredo do anime enquanto joga.
A única objeção a esse game são os personagens pequeninos que parecem saídos de um minigame (ele saiu do Game Gear, né?!). Mas os gráficos são MUITO bem desenhados, os golpes são bons. O som é muito legal pra 8 bits.

Todos os "defeitos" do game foram mais na versão Tectoy que preferiu fazer cortes ao invés de meter a mão nas correções pra adaptação. O pause, que servia de botão de defesa, não funciona no game. Uma pena que a Tectoy não foi esperta de traduzir o modo Story. Vamos contar os personagens e os golpes ao longo da estória. Super recomendo o controle turbo para os combos. nos golpes, o (*) é para arremessos e para golpes de queda aperte cima+soco.

[ATENÇÃO: ESTE POST AINDA NÃO POSSUI TODOS OS GOLPES DE VFA, PODENDO SER EDITADO NOVAMENTE. AGRADEÇO AO MATHEUS PELA AJUDA COM ALGUNS GOLPES]
VS COM MODE
Você enfrenta nesta ordem:
- Jacky
- Pai
- Wolf
- Kage
- Lau
- Sarah
- Akira
- Dural



STORY MODE:
Vamos enredar na Estória e falaremos dos personagens! Comecemos com Akira Yuki.


AKIRA YUKI
País: Japão
Nascimento: 23 de Setembro (Libra)
Sangue: O (Personalidade Forte, muito vigor)
Luta: Bajikan
Local: Dojo
COMBOS:
Hachimon Kaida - soco, soco
Kansui Tai - soco, chute
 
TETSUZANKOU ç èè soco + chute
JOHO T.  è+ soco
RANKENTAI èè +chute (2 vezes)
MOKO KOUHAZAN êè + soco
YAKO SOUSHOUDA  êçè   + soco
YOUSHI SHENRIN  ç soco + chute *
SHIN'IHA , è  + soco*
SOUKAHOU +soco (inimigo em queda)


Akira é o primeiro personagem habilitado no Story. No Vs Com, Akira segue a tradição dos jogos de luta: é o lutador principal e por isso mesmo, o mais dificil, portanto é uma espécie de sub-chefe. Curiosidade é que sua música tema é a mesma de Jacky. Ele é equilibrado, com vários golpes de investida, mas poucos combos. No Story ele está em busca de aumentar suas habilidades, quando chega à Hong-Kong.

Ceninha do Anime, referente a esta fase.


ATO I
BIG TROUBLE
Akira vai a um restaurante e participa de um concurso. Os irmãos Jacky e Sarah estão presentes. Enquanto ele está comendo 50 jantares (!!!) Pai-Chan está fugindo da gangue Koen-Kan, cujo chefe, Liu quer casar-se com ela. Acidentalmente, no meio da bagunça, Akira beija Pai e como toda donzela de anime, ela quer dar o troco em quem a deflorou.
                                          

                                                   
                                              

PAI CHAN
País: Honk Kong
Nascimento: 17 de Maio (Touro)
Sangue: O (Personalidade Forte, muito vigor)
Luta: Kung Fu (Mizongyi/ Ensei Ken)
Local: Restaurante Chinês
COMBOS
Renshou - soco, soco, soco
Renkan Tenshi - soco, soco, soco, chute (ou ê + chute)
Renkan Tai - soco, chute
TCHUUGEKI è  + soco
ENJIN SEMPUKYAKU ???
SENCHU TAI  +chute
ENSEN HAYRIUU  ç+ soco (quando atacada)*

RAIINSHOUDA +soco (inimigo em queda)
HAITENKYAKU +chute (flip)

Pai é rapida e uma boa lutadora pra quem sabe controlá-la, fazendo bom uso de contra-golpes. O adversário deve esperar sua rasteira como primeiro golpe.


ATO II
THE BOUNCER
Pai Chan desculpa Akira e fazem as pazes. O Dono da Steak House, reconhece a moça e tenta sequestrá-la. Akira intervém. O gordo obriga seu empregado, o estadunidense Jacky para ajudá-lo. Jacky Bryant é seu novo adversário.



JACKY BRYANT
País: U.S.A.
Nascimento: 28 de Agosto (Leão)
Sangue: A (Perfeccionista, orientado por técnica)
Luta: Jet Kune Do
Local: Steak House
COMBOS
Jab & Straigh - soco, soco,
Flash Piston Punch - soco, soco, soco
Combo Elbow - soco, soco, è +soco, chute
Punch & Spin Kick - soco, chute ou soco, ê, chute
RISING ELBOW è +soco
ROUNDHOUSE COMBO chute, chute ou +chute, chute
SIDE KNUCLE TURN çç + soco (2 VEZES)

NECK BREAKER DROP èè +soco*

SOCCER BALL KICK +chute (inimigo em queda)
SUMMERSALT KICK +chute (flip)

/
                                          
Jacky é nesta versão um dos lutadores com mais combos. E um dos favoritos do game. 
O golpe tipo flip, o Summersalt é melhor que o de Pai, pois ele o faz sem sair do lugar.


ATO III
FATEFUL CLASH
Jacky compreende o que aconteceu, e novamente temos um novo aliado. Em represália, o Koen-Kan está com um novo plano: eles sequestram Sarah, a irmã de Jacky!!




Seguindo os últimos indícios (o bichinho de Sarah na versão anime), eles encontram um helicóptero e protegendo a fuga, eles encontram Kage Maru, o ninja. Cabe ao trio enfrentá-lo.


Kage é o mais rápido do game, e um dos preferidos de muitos jogadores, mas tem poucos combos. Devem ficar atentos à sua rasteira.

ATO IV
THE WOLF'S DEN
Surpresa! O ninja sumiu numa bomba de fumaça e você não poderá utiliza-lo ainda (boa sacada da Sega pra quebrar a sequência monótona). O grupo na busca de Sarah e da gangue, vão ao submundo. Lá, numa arena de apostas, encontram um informante. Para terem respostas, um dos amigos deve lutar com o campeão, o canadense índio Wolf Hawkfield.


WOLF HAWKFIELD
País: Canadá
Nascimento: 8 de Fevereiro (Aquário) ou Outubro (Escorpião)
Sangue: O (Personalidade Forte, muito vigor)
Luta: Luta Livre (outras versões, greco-romana)
Local: Ringue Subterrâneo
COMBOS
Jab & Straigh - soco, soco,
One-Two Upper - soco, soco,soco
Hamer Kick - soco, chute
SHOULDER ATTACK çè+ soco
ELBOW UPPER +soco

BODY SLAM  èè + soco*
GIANT SWING çêè + soco*

ELBOW DROP +soco (inimigo em queda)



Wolf, para variar, é forte e lento. O único além de Akira que não possui golpes tipo flip. Fique atento com os arremessos dele. O Elbow Upper é bom pra se aproximar. O Giant Swing tira 60% do life, difícil de fazer, mas vale a pena. 

ATO V
THE EUROPEAN CONECTION
Wolf fica tão impressionado com a luta que decide ajudá-los. O endereço é um castelo usado como base do Koen-Kan na Europa. Jacky se desespera e chama a atenção dos guardas. No meio de uma nuvem, surge novamente Kage Maru. 
Após uma conversa melhor, eles percebem que o ninja não é exatamente mau. Mas não os deixará passar. 

Ceninha exclusiva da versão Game Gear.
                          
KAGE MARU
País: Japão
Nascimento: 6 de Junho (Gêmeos) 
Sangue: B (Criativo e Imprevisível)
Luta: Ninjutsu Hagakure
Local: Tokyo e o Castelo Inglês
COMBOS
Reshou - soco, soco
Sandan Geki - soco, soco, soco
Hagasane – soco, chute
Sandan Fuujin - soco, soco, +chute
RYUEEIKYAKU èè + chute
JIZURI KYAKU çêè ou èêç + chute

TOMOE NAGE ç + soco (quando atacado)*

KAKATO OTOSHI +chute (inimigo caído)

HAITENKYAU (SEMPU GERI)+chute (flip)
.


ATO VI
THE AWAKENING
Kage, enfim, foi derrotado. Eis que para surpresa de todos Sarah reaparece. Mas ela está louca, querendo matar a todos. Cabe ao grupo lutar com ela, sem matá-la.



SARAH BRYANT
País: U.S.A
Nascimento: 4 de Julho (Câncer) 
Sangue: AB (Sensível e aberta, popular)
Luta: Jet Kune Do (outras versões dizem Tae Kwon Do)
Local: Castelo inglês.
COMBOS
Jab & Straigh - soco, soco,
Flash Piston Punch - soco, soco, soco
Double Punch & Spin Kick – soco, soco, chute
Snap Kick è +soco, chute
Combo Elbow - soco, soco, è +soco
Punch & Spin - è +soco, chute
Combo Sumersalt  - soco, soco, soco, +chute
 
RISING ELBOW - è +soco
ILUSION KICK COMBO  +chute (várias vezes)
DASH KNEE èè + chute
 
NECK BREAKER DROP èè +soco*
 
SOCCER BALL KICK  +chute (inimigo caído)
 
SUMMERSALT KICK +chute (flip)
 

Como é comum das mulheres lutadoras, Sarah é mais rápida que a maioria, tem golpes parecidos com os de Jacky, mas não com muita grandiosidade.

ATO VII
WEDDING BELLS
Eles conseguem fazer Sarah voltar à razão. Há um reencontro feliz entre os irmãos. De repente, se perguntam: onde está Pai? 

Podem ficar com loira, preferimos a china!
Abriram mão de Sarah, sendo usada como distração por Eva, assistente de Liu, para o objetivo principal do gangster. No quartel general de Liu, em que Kage sabe o caminho, Pai está sendo obrigada a se casar. A cerimônia é "temporariamente" impedida por Akira, que para surpresa de todos, leva uma surra de Liu (cujo rosto não aparece perfeito). 

Doeu mesmo! Esse cara nem tá no jogo...


No ultimo minuto, surge Lau Chan, mestre de Liu que apesar de se sentir desonrado com o aluno, quer ter o direito de defender a honra dele como lutador.



LAU CHAN
País: Hong Kong
Nascimento: 2 de Outubro (Libra)
Sangue: B (Criativo e Imprevisível)
Luta: Kung Fu (Koen Ken)
Local: Escritório/ Quartel do Koen-Kan
COMBOS
Renshou – soco, soco
Raigeki Shou - soco, soco, soco
Renkentai -  soco, chute
Hai Tenkyaku - Soco, soco, +chute
SAKASHOU + soco
RENSHOU + soco,  soco, chute
TOUSHUGEKI +chute (inimigo em queda)
 
HAITENKYAKU+chute (flip)

Lau é um lutador mediano. Este mestre é mais de combos do que investidas. Embora controlando ele, não seja grande coisa.

ATO VIII
ENTER: DURAL


Cena do anime: a galera apavorada o ver o robô Dural.
Tudo está perdido para Liu. Cercado de lutadores poderosos, ele manda sua assistente Eva ativar o robô (andrógino!!) Dural, que tem habilidades de todos os lutadores. É a última batalha.


  
CHEFE DURAL
País: ???
Nascimento: ??? 
 
Sangue: NÃO HÁ
Luta: MIXADAS E PROGRAMADAS
Local: VER LAU CHAN
GOLPES CONHECIDOS
 
- Posição e Tchuugeki de Pai
- Tetsuzankou de Akira
- Golpe de queda e Tomoe Nage de Kage
- Giant Swing de Wolf (!!!)
- Summersalt de Jacky & Sarah

Suas táticas preferidas são fazer um combo de Tchuugeki com Summersalt Kick, e quando estiver encurralado com pouca energia mandar o Giant Swing pra virar a luta.



THE END
Tudo foi concluído, o Koen-Kan foi desbaratado. Comparando às estrelas brilhantes da Ursa Maior, eles percebem que se tornaram um time. E Akira acrescenta que mais que um time, eles se tornaram amigos!

_______________________________________________________________
CONSIDERAÇÕES FINAIS

Este é um Game de contrastes. A Sega caprichou na versão Game Gear, a Tectoy teve limitações na versão Master System. Uma pena também que não foi incluída uma tradução nos diálogos do Story. Mesmo assim, apesar de toda simplicidade e facilidade, é um game muito bacana que merece ser curtido. Mais Animation que Virtua, ainda é um Virtua Fighter. 







17 comentários:

  1. Eu não conheço esta versão de Virtua Fighter (VF), mas conheço muito bem os três primeiros e o Virtua Fighter 2 do Mega Drive (acreditem, curto mais o de 16 bits pois tem um jeitão de mistura entre Street Fighter com Virtua).
    Então...
    Se a versão original deste Virtua Animation tinha um botão para defesa, ótimo. Até porque, há golpes em VF que é preciso apertar exatamente este botão (como nos agarrões). Se a Tectoy simplesmente aboliu, ferra praticamente tudo.
    Mas, vou dar um desconto para a empresa brasileira... como ela adaptaria isto para o controle do Master, hein? Andei pensando aqui, e não há como pois o game precisa de um botão independente para defesa, ou, não tem como fazer combinações com os demais.
    A Tectoy, nesta época, precisou suprir a falta de títulos para o Master já que eles não eram produzidos por empresa alguma, sobrando, assim, converter os títulos de Game Gear.
    Me parece, que o único "grilo" neste processo, foi mesmo com o VFA por conta da falta e um botão... mas, de resto, parece que esta estratégia deu certo pois deu sobrevida o console em nosso país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Douglas,
      eu prefiro games em desenho do que em 3D, então tenho motivos pra cuidar deste virtua. conversões nunca foram estranhas ao Master, afinal, Mortal Kombat tinha 5 botões. A Tectoy é que bobeou com a conversão.
      Mas o game é bom.
      Abraços.

      Excluir
    2. Caro amigo e, tambem adorador do Master System.
      Creio que eu não tenha sido muito claro com relação ao port de VFA para o Master pela Tectoy.
      Eu até dei um desconto à ela (usando este termo mesmo) assim como não enxergo que, o fato de não ter um botão de defesa, ter sido uma falha. Há sim uma impossibilidade técnica porque, simplesmente, sua sistemática original necessita que haja um botão independente para esta função.
      Como conheço bem os VF originais e saber que há comandos que precisam ser precionados o botão de defesa aliado à algum outro, não consigo conceber um VF sem este botão. Fato... se a Sega fez um game nos mesmos moldes dos do VFs de origem para o Game Gear, incluindo aí o golpes que precisam que se aperte a defesa, a conversão da Tectoy não ficou apenas com um botão a menos, mas com vários golpes faltando.
      Por fim repito o quê já tinha dito do post anterior... entendo que a Tectoy fez muito bem o trabalho de suprir o mercado interno com os ports dos jogos de Game Gear para o Master, já que não se produziam mais jogos para este console.
      Até mais!

      Excluir
    3. Tranquilo Douglas,
      eu entendi mesmo o que vc disse e tudo é válido.
      Eu sei porque já joguei os outros virtua, é como se fosse um game novo. Eles adaptaram muita coisa, vejo como o mais solapado o Lau com as mudanças, enquanto Akira reina nesta versão.

      Excluir
    4. Eu fiquei curioso sobre este game e vou dar uma jogadinha... infelizmente, em emulador por enquanto.
      Mas, mesmo não tendo jogado ainda, já está na lista do futuros cartuchos... isto, se eu achar. Hehehe!
      Até mais!

      Excluir
  2. Excelente análise, Rodrigo! E o melhor é a listagem de golpes, muito bem elaborada e instrutiva, deu até saudades das velhas revistas de games. =D

    Agora, realmente a SEGA fez um ótimo trabalho, enquanto a Tec Toy foi mais preguiçosa na hora de portar o jogo pro Master. Mas também na época a Tec Toy não tinha muita experiência em programar jogos, e sem a SEGA dando suporte a brasileira tirava leite de pedra para abastecer o Master, então dá pra dar um desconto para ela. E mesmo com os problemas o jogo ainda é muito divertido. Não é a toa que o Brasil é considerado o país do Master System! =)

    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu mesmo, Adinan!
      A listagem de golpes divido parte dos méritos com o Matheus. Eu tenho um saudosismo pelas revistinhas com golpes e dicas, até dos jogos que eu não jogava.
      Disponibilizo pra ficar completo o post e a diversão do leitor.

      Mesmo com todos os problemas, ainda me divirto com esta versão Tectoy. Houve preguiça e uma certa falta de tato na conversão, que sempre dá um remorso de algo perdido, mas o que sobrou vale. Por isso, somos a nação Master System!

      Excluir
    2. Saudações! Voltei!
      Eu curti este VFA. Como ficou bem diferente dos originais, está sendo como um novo game à ser explorado. Por acaso, alguém tem um cartucho para vender aí? Heheheh!
      Então... eu tinha dado um desconto para a Tectoy e não havia considerado preguiça dela ao portar os controles direito, por não ser possível.
      Bom, neste ponto (dos controles), continuo dando um colher de chá para à empresa mas, rolou preguiça sim em outra coisa: Poderiam ter traduzido os textos. Uma vez que fizeram o port do Game Gear pro Master System, tiveram que redimencionar até as linhas de resulação e o "escambau", custava modificar os textos (coisa bem mais simples)?
      Não tem jeito, são coisas que só jogando mesmo para sacar. Rss!
      Até mais!

      Excluir
    3. Bem vindo, Douglas!
      Esse Virtua ficou maneirinho, mas virou outra coisa, né?
      Você acha no Mercado Livre, não é um game raro.
      Custava a Tectoy valorizar o game com uma tradução? hehehe.
      Mas é isso aí, só jogando mesmo.

      Excluir
  3. bacana esse post, nunca me interessei a ver um jogo do Game Gear...até ler esse texto.

    "Kage é o mais rápido do game, e um dos preferidos de muitos lutadores"

    no começo pode ser assim, mas após usa-lo, com certeza vai trocar de personagem pois nos Virtua Fighters normais, ele é um dos mais difíceis de desferir golpes. e olha que sendo um ninja devia ter golpes mais simples.

    mas estou divagando. vou testa-lo com certeza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi leandro.
      o Kage tem poucos combos mas nesta versão ele é rápido.
      Os favoritos que pesquisei entre donos de GG e SMS foram nesta ordem:
      Kage
      Jacky
      Akira
      Pai
      Wolf
      Lau
      Sarah

      Embora eu prefira Akira como o primeiro e coloque o Lau como o último da lista.

      Excluir
  4. Muito legal o post Rodrigo! Show de bola mesmo. Na verdade é mais do que um Review, é também um detonado do jogo, com os golpes e a toda a narrativa, muito legal! Fiquei com remorso de nunca ter dado bola para esse jogo. Vou correr atrás do preju, mas como disse o Douglas, antes vou me divertir no emulador e quando puder vou atrás do cartucho pra minha coleção.
    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Leo! gosto de fazer Reviews-detonados como pode ver. Eu achava que muuita gente tinha jogado. Esse jogo vendeu e não é considerado raro. Mas corre pra ver. Estou na procura da capa (meu primo acho que não vai vender).
      Abraços.

      Excluir
  5. Caçarola, que rolo! Jogo feito baseado num desenho feito baseado num jogo... tudo culpa do Cuecão do Ryu Genérico! hahaha! Zueira.
    Como nunca fui muito fã de Virtua Fighter, eu nem sabia da existência do desenho... nem do jogo pra Game Gear... menos ainda pro Master System... ou seja, mais um que vc fala aqui que eu desconhecia. Eu acho isso ótimo! É sempre bom conhecer coisa nova, ainda mais através de posts bem explicativos.
    Gostei da história, eu acho bem cômico esse lance da cultura japonesa de rolar beijo sem querer e a mulher ficar revoltada e querer socar o cara até bem próximo da morte. Coisas similares são comuns em animes e mangas, né?
    Mas bacana, eu vou ver se consigo encontrar rom das versões do Master e do GG, até para comparação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHA!Chorei com teu coment, Caduco!
      Cuecão do Ryu genérico! kkkkkkkkkk;P
      Sou teu fã!
      Eu também sempre achei engraçado esse tipo de coisa, até a garota que é a fim do cara, se ele não tem "modos" é espancado.
      Procura o game, e compara. Eu me divirto sempre com ele.

      Excluir
  6. Ha! Ha! Ha! Eu tenho esse jogo. Acho que foi ao lado de Sonic Blast os últimos que comprei novo em loja. (isso em 1999, faz teeeeempo...)

    Acho ele bem feito e as músicas boas para o padrão Master. A única coisa que poderia ter melhorado era o tamanho dos personagens. (podia ser apenas um pouquinho que já estava ótimo)

    Mas como o próprio Rodrigo falou, os gráficos estão muito bons. Vale a pena conhecer nem que seja apenas por curiosidade, eu recomendo.

    Abraços a todos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com tudo, Big Lui. O tamanho até poderia melhorar se tivessem suprimido as vozes de vitória, mas a parecia que queriam botar vozes nessa época, igual SF2.
      Queria comprar, mas na época tava sem grana, tinha comprado dois outros jogos na época, mas sempre um primo mais novo meu emprestava. Era simples para um Virtua Fighter, mas e daí? Era divertido e isso contava.
      Aliás, vc ainda tem o manual?
      Se pudesse disponibilizar em scam, ou passasse algumas informações que faltam pra nós, o QG agradece.
      Abração!

      Excluir