quinta-feira, 5 de abril de 2012

Jogos inventados - Kingdom of Illusion

Lembra desse jogo? Claro que não, ele não existe.

Está comprovado cientificamente: crianças são muito mais criativas do que adultos. Isso ocorre simplesmente porque ao crescer, matamos lentamente nossas fantasias e aprendermos a conviver em um mundo cheio de regras e rotinas impostas pela sociedade. A partir daí, adquirimos um senso de julgamento que não nos permite errar para não nos sentirmos ridículos. E é com esse medo de sentir vergonha que nós, adultos, sufocamos nossa criatividade. Triste né?

Dorgas? Parei, agora sou o Rocketeer.

Pois bem, quando eu era um pirralho, adivinha só, eu tinha uma imaginação ainda mais fértil (e olha que, como publicitário, eu tenho que ser muito criativo até os dias de hoje). E um dos meus passatempos preferidos era "namorar" o encarte de jogos do Master System que nos brindava com apenas um screenshot de cada game. Apenas um! E exatamente por isso, eu passava horas e horas imaginando como seria a aventura toda. E cada jogo legal que eu fantasiava na minha cabeça, tanto é que, por vezes me frustrava com o jogo real.
Não demorou muito para que eu começasse a imaginar como seria uma continuação de jogos como Black Belt e Psycho Fox. Ou como ficaria um jogo com Alex Kidd e Sonic juntos? Ou ainda, como seria um jogo dos Thundercats... e por aí ia. Claro que nunca fui além disso, nem colocar no papel eu coloquei, eram só frutos da minha imaginação juvenil e o desejo por jogos novos.

Dada essa introdução monstruosa, gostaria de iniciar aqui no QG Master uma espécie de saga: os "Jogos Inventados". Não se trata de uma seção, apenas uma forma de compartilhar com vocês jogos que nunca existiram, mas que fariam sucesso (pelo menos pra mim, hehe). E o primeiro da saga é a incrível continuação da série Illusion:

Kingdom of Illusion
Estrelando Mickey Mouse e Pato Donald

Mizrabel está de volta. E dessa vez ela não está sozinha: com a ajuda da terrível Maga Patalógica, a bruxa malvada invadiu a mansão do tio Patinhas e conseguiu roubar a Lâmpada de Cristal, um precioso artefato que Patinhas conquistou em uma de suas viagens.
O problema é que esse objeto concede poder ao seu dono e ao cair em mão erradas todos correm perigo. Tio Patinhas chamou seu sobrinho e pediu ajuda.

- Donald, você precisa partir em busca da Lâmpada de Cristal! - Pediu tio Patinhas.
- Quack, não mesmo, da última vez arrisquei minha vida por uma mísera moeda de 10 centavos.


Introdução do game com as feiticeiras roubando a lâmpada.

Só que tio Patinhas, astuto como sempre, convenceu Donald de que dessa vez a recompensa seria muito melhor. E mesmo com uma pata atrás, nosso herói concordou em buscar o artefato. Mas antes de iniciar a busca, Donald foi ver Mickey para saber como enfrentar Mizrabel em seu Castelo das Ilusões. Ao saber do ocorrido, Mickey resolve ir junto para garantir que a bruxa fosse derrotada. Agora, Mickey e Donald terão que atravessar o Reino da Ilusão, que a bruxa Mizrabel e a Maga Patalógica criaram com a força da Lâmpada de Cristal para proteger o Castelo das Ilusões.

O mundo depende de você Mickey, ajuda o Donald!

Conseguirá nossa dupla de heróis obter sucesso em sua missão? Embarque nesse reino cheio de aventuras e ilusões!

Na abertura do jogo vemos o Reino das Ilusões.

Jogue com um amigo simultaneamente!

Mergulhe com nossos heróis nessa aventura fantástica!


Em uma das vilas do reino, a dupla tem que se disfarçar e trocar a roupa! 
Por isso na capa do jogo eles estão assim.


Atenção: Esse jogo não existe! Trata-se de uma brincadeira.

32 comentários:

  1. É... acho que o universo gamer nos une a todos. Também imaginava uma porrada de jogos que poderiam ser feitos.
    Creio que deve senso comum (ou quase) que a molecada idealizava/sonhava com seus heróis favoritos em novas e alucinadas aventuras. Eu mesmo, já imaginei Alex Kidd e Sonic (nesta ordem mesmo, pois gosto muito mais do Principe de Radaxian do que o Ouriço Supersônico) agindo juntos. Já até imaginei até num "mega crossover" envolvendo o panteão da Sega enfrentando uma ameaça "de outra dimensão gamísitica" numa game no estilo Shining Force.
    Neste caso, em 2006, tive uma sensação estranha de que tive "minha idéia sugada" quando a Namco lançou Namco Vs Capcom pois, era exatamente aquilo que tinha em mente com esse crossover da Sega, só que, cerca de 15 anos antes (hoje, poderia estar rico! Hehehe!).
    Bom... o mais próximo de fazer algo parecido com este post, foi minha continuação dos jogos E-SWAT. Eu fazia HQs (bem porcamente) expandindo aquele universo mostrando o dia-a-dia da corporação, seus agentes e suas armaduras de combate - a Ice Suit, do herói da série. A Fire, Land, Sky, Shadow, etc), novos vilões, bem como, a participação de um "camarada chamado Strider" em uma das aventuras.
    Fato é que, quando jovens, imaginamos mais... uma época, realmente, mágica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, ficava viajando... Tudo que você falou, vesti a caraspuça! rsss
      Basta ver no meu post anterior (Temporada de Programador) Eu pensava em idéias para tantos games.... Pensei alguns da Turma da Mônica, como por exemplo, um aventura do Chico Bento na mata, enfrentando onças e lobisomens. rss Pensei em jogos medievais que você jogava com mago ou cavaleiro.
      Já bolei com coisas como um game quase completo do Caverna do Dragão (desenhei quadriculado os personagens e desenhei os cenários), e até um jogo do Jaspion.
      Como artista, eu ainda tenho que manter a criança viva em mim. Era gostoso, eu montava na maior disposição desenhos e fases se alguém me dissesse que conseguia montar um programa de jogo!
      Abraço.

      Excluir
    2. Ótimo post. Eu nunca parei de viajar nessas idéias... Um dia eu deveria pelo menos pegar o MMF2 (e atualmente nem tenho computador) e tentar agir.
      Recentemente eu tenho imaginado como seria uma continuação de The Lucky Dime Caper (que não seja Deep Duck Trouble). Agora que o Epic Mickey 2 de 3DS continuará a história do Castle of Illusion, espero que a Disney pare de babaquice e traga de volta o Donald ao mundo dos games!

      Excluir
    3. Quando, no ano passado, saiu a notícia que a Disney estava licensiando o Castle Of Ilusion, vi muito comentário equivocado na net.
      Embora o Mickey seja da Walt Disney Company, o game foi feito pela Sega... não bastava sair, simplesmente, "fazendo um novo jogo". Até mesmo se a Sega quisesse relançar o game, teria que renegociar direitos com a dona da personagem. Estes trabalhos, costumam ter "dois pais", como é o caso da animação do Zillion (Sega/Tatsunoko Pro.).
      Como foi a Diney quem pediu direitos, logo imaginei que ela usaria o universo criado pela Sega para Castle of Ilusion para alguma coisa. Mas, não me senti tranquilo com isto pois, não. Justamente, não será a Sega quem fará este jogo e corre-se o risco de macular a ótima imagem que esse clássico do Mega Drive/Master System tem.
      Nem será o estúdio do Epic Mickey quem fará isto, mas uma "terceirizada contratada" por ela para fazer Epic Mickey 2 para o Nintendo 3DS... ou seja, um "produto de menor importância". MEEEEDO!!!

      Excluir
    4. Pelo menos as imagens divulgadas do jogo são lindas (EPIC MICKEY) confere lá: http://t.co/e65MVdLJ

      @Emerson
      Concordo contigo meu amigo, Donald merecia voltar, uma continuação de Lucky Dime Caper seria demais...

      Excluir
  2. Caramba, um jogo co-op com Donald e Mickey no nosso Master? Ia ter sido muito foda... Acho que todo jogador já se viu na posição de imaginar jogos e sequências... Eu gosto de imaginar jogos e filmes que são ruins( ou que estragaram a série com algum filme ruim) e imaginar como reconcertar.
    Com essa mania de doação de $$$ na internet para desenvolvedores independentes, bem que podia surgir um pro nosso Master... Eu daria um jeito de contribuir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb gostaria de ver um novo jogo sendo lançado para o Master... quem sabe algum desenvolvedor goste tb? =D
      Valeu Guilherme!

      Excluir
  3. Olhei o post bem por cima e achei que era de verdade. Pensei: "Não conhecia este jogo. Poxa, reaproveitaram os sprites assim na cara dura!" Ótima edição, me pegou direitinho ^^.

    Lembro-me de ter feito uns desenhos sobre um jogo que imaginei. Era inspirado não-intencionalmente no "Mônica no Castelo do Dragão". Era um jogo de ação side scrolling no qual o herói ia encontrando melhores equipamentos no caminho (espada, escudo, armadura, etc). Desenhei até uma tela de "Game Over" com o herói violentamente morto (provavelmente inspirada naquela de "E-Swat").

    Não animei com esse Epic Mickey 2 pra 3DS depois que vi as imagens. Confiram aí:

    http://jogos.uol.com.br/3ds/galerias/epic-mickey-the-power-of-illusion.htm#fotoNavId=as2701828

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahah, que bom que enganou de cara, mesmo sendo as mesmas sprites, rs
      Po, legal a ideia, vc ainda tem os desenhos do jogo que imaginou?
      Então, achei lindas as imagens do jogo epic mickey, mas sei lá, tem que jogar pra crer, né? Abração.

      Excluir
  4. O master system permitia que usassemos a criatividade para criar alem do proprio jogo. Assim como vc, imaginei historias, enrredos, cenarios, etc. É muito legal, vc brincar não so com o video game mas com todo imaginario por tras dele. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes meu amigo, eu acho que é isso que mais me fascina no Master System, a possibilidade de podermos viajar e imaginar jogos para o console, afinal ele chegou numa época em que tudo parecia finalmente ser possível e ainda com o slogan: É um jogo, mas poderia ser verdade!

      Excluir
  5. Caraca eu tava imaginando nunca ouvi falar dele só depois que eu li logo no ultimo quadro que me toquei cara mas ficou bem feito a montagem rsrsrsrsrs.

    ResponderExcluir
  6. Que post nostálgico e divertido! Eu também adorava imaginar sequencias. Uma vez eu imaginei uma continuação de Turma da Mônica oResgate, onde a Mônica teria de sair para salvar seus amigos, e com a possibilidade de jogar com o Cascão que ficou de fora nos jogos anteriores. Fiz até um desenho parecido com a tela título do Castle of Illusion, com a Mônica usando escudo e o Sansão, contemplando pelos montes um castelo.
    Quanto ao post, as imagens ficaram muito locas! Adorei a idéia de um coop com Mickey & Donald. No SNES realizaram esse sonho com o Magical Quest 3, sem contar o World of Illusion pra Mega Drive, ambos jogos incríveis! Agora quanto ao Epic Mickey 2, bom a equipe que vai trabalhar com o jogo é uma equipe fera, eles lançaram alguns dos melhores jogos de plataforma do DS, como o Monster Tale. Então eu acho que o jogo está em boas mãos, talvez até melhores que as da SEGA de hoje.
    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Informações animadoras, Adinan.
      Porque, a Sega de hoje... "Ai meu Deus, viu?"... Sem comentários!
      Rss!

      Excluir
    2. Valeu Adinan!
      E concordo contigo Douglas, a Sega de hoje só não tá pior que a Tec Toy, uahuahuhauhua

      Excluir
  7. cara muito crazy essa montagem se esse game existisse seria um classico hoje em dia pena que as produtoras de games nao tem uma imaginacao como a nossa.Mais se estiverem contratando estamos aqui nao é galera da equipe qgmaster.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, tamos aí!!! Criatividade e imaginação para novos jogos de velhos consoles é com a gente mesmo!!! heheheh
      valeu Ricardo, abração!

      Excluir
  8. Eu não lembro desse jogo. Talvez por não ter adquirido a técnica de leitura de mentes de pessoas mesmo quando distantes! kkkkk
    Cara, que triste saber esse lance da morte da criatividade (eu não sabia disso) e que bacana saber que eu não era uma criança maluca que inventava videogames e jogos, pelo visto era algo comum e deve ser até os dias atuais! Eu tava pensando em falar brevemente sobre isso no meu próximo post e acabei com vontade de falar um pouco mais depois de ler isso! Muito legal! Eu também era uma das crianças que vivia olhando o catálogo de jogos do Master boquiaberto imaginando o que era cada uma daquelas maravilhas (a frustração era comum também quando conhecia o jogo)! O mesmo para revistas de games.
    Engraçado que "inventar um jogo" foi uma das coisas que me fizeram virar programador, pois eu sonhava em criar jogos um dia (e até hj não fiz virar realidade, bem manézão). Juro, meu próximo post no blog terá isso detalhado! hahaha!
    E agora lerei sobre o jogo, só de ler a introdução eu tive essa empolgação toda... foi mal, vou tentar escrever menos no resto do comentário! kkk
    Pô, gostei da idéia! Uma história bem Disney mesmo, típica aventura que a empresa criaria. Será que o Master teria capacidade de processar um jogo desses de boa qualidade gráfica e jogatina multiplayer? (lá vem o chato querer cortar o barato do jogo)
    Mas, sério, a idéia é bem legal! Se vc joga nas mãos de um desenvolvedor indie pra sair um fangame, ficaria fantástico! Seria o World of Illusion da geração 8 bits! Genial!
    Muito bom, Léo! Quero acompanhar as outras idéias!
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha boa!!!
      Então Cadu, esse lance da "morte da criatividade" é triste, mas verdadeiro, a gente mesmo vai matando esse senso criativo para ser chatos reguladores, hahaha
      Ficarei de olho no seu próximo post para saber mais!
      Eu acho que capacidade para processar tem, mas seria um trabalhão pros caras. Bom, aguarde, em breve postarei mais ideias! Abração!

      Excluir
  9. É que não tenho conhecimento algum de programação, eletrônica, etc... mas tem comunidades gamer que andam fazendo jogos para sistemas extintos, em alguns casos, até montando peças (cartuchos) como o Pier Solar, para Mega Drive.
    Pelo que já andei lendo, há casos assim para Atari e Nintendo também. Agora, imaginem se existisse (pelo menos, não tenho conhecimento) algo assim para o Master?
    Uma empresa que poderia fazer algo assim, é justamente a Tectoy, uma vez que ela manda fazer esses "cacarecos" que coloca nas memórias dos Master Systems Mega Drives brazucas.
    Evidente que o lucro não seria nada astronônico mas, aposto que teria público para adquirir novos cartuchos sim, nem que fosse por "edição limitada para colecionador".
    Sei lá, acabei de "viajar na imaginação" agora... entretanto, acho que a realidade pode ser um pouco parecida com isto, desde que haja interessados. Infelizmente, a Tectoy, não é nem sombra do quê foi no passado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior meu amigo, é que a Tec Toy só tá interessada nesses caça niquels que ela fica inventando, não tá preocupado com os fãs do console. Mas quem sabe alguem queira programar jogos do Master como foi feito no caso do Pier Solar do Mega. Seria lindo de ver.

      Excluir
  10. Eu sempre viajei só de olhar pra capa de um jogo, quanto mais chamativa, mais eu viajava. Pensei até num jogo do Zillion em que vc usava tanto o joystick quanto à pistola.
    Muitas idéias voavam, como pensei num De Volta pro Futuro melhor do que aquela droga... rsss
    Porque não financiam jogos? Se tem quem faça, tem gente aqui cheia de imaginação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Velho, um jogo do Zillion com a pistola seria perfeito. Tinha que ser assim! E a ideia de fazer um jogo com joystick e a Light Phaser juntos seria inusitado, ousado e um sucesso na minha opinião, eu ia adorar!!!!
      De volta para o futuro, qq outra coisa já seria melhor.
      E concordo contigo, a galera aqui tem imaginação suficiente para criar jogos animais.

      Excluir
    2. Na época, já pensei sobre isto: "Porque a Sega não fez um jogo de tiro de Zillion?". Pôxa... quer coisa mais óbvia de usar uma pistola, que é a agual a do desenho em um jogo baseado no mesmo desenho?
      Isto foi mancada! Rss!

      Excluir
    3. Pois é... acho que todo mundo esperava um jogo de tiro do Zillion, menos a própria Sega...

      Excluir
  11. Épica a postagem. Muito legal mesmo, abri um sorriso bobo no rosto ao ver o jogo imaginado. Certeza que seria um sucesso ^^
    Lembro que quando eu era criança e tinha só meu Mega Drive eu viajava com umas fichas que a Ação Games lançou. Eram quatro cartões por revista, com uma ficha técnica atrás e uma screenshot na frente. E eu babava até com jogos para consoles inferiores, como o Simpsons pra Nintendinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Heider! Fico feliz que tenha gostado! Eu lembro dessas fichas da Ação Games, adorava e colecionava tb. Abração.

      Excluir
  12. É Mr. Leo... você com o Art Alive no Mega Drive certamente ia estragar o video-cassete da casa de tanto bolar crossovers épicos! :D

    "Embarque nesse reino cheio de aventuras e ilusões!"

    "Até onde podem ir os pixels na nossa imaginação? QG Master apresenta... Kingdom of Illusion!"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale Eric, eu ia detonar o video cassete!!! hahaha
      Valeu! Abração!

      Excluir
  13. Ha ha, que barato isso! Muito bom o post, Leo, adorei!

    ResponderExcluir