segunda-feira, 8 de abril de 2013

Diário de Bordo - Golden Axe Warrior (Capítulo I)



CAPÍTULO 1- PREPARANDO PARA VIAGEM
Muito bem amigos, como já avisado, vamos nos embrenhar no universo de Golden Axe Warrior. É hora de detonar esse game na raça. Aqui valem todas as recomendações de um jogo de RPG. Salvar constantemente o game, e ler o manual. Pra minha sorte, o vendedor reimprimiu todo o manual para me vender completinho...

Pronto, li todo o manual e vamos pra bagaça da aventura.
Estou numa espécie de cemitério, chorando os meus pais... Inspiração clara de Conan, o Barbaro, e Star Wars. Peguei para a aventura o nome de YUDA (Personagem de "O Devaneio de Rute"). Para não me perder, (eu acho!) quadriculo um papel a partir do mapinha incompleto do manual com alguns rasgos... Marco o cemitério como ponto 0º, e vou marcando paralelos norte-sul e meridianos leste-oeste. Acredito que tenha 7 telas para cada direção.
Chega de chorar: partiu matar monstro!
O primeiro ponto a Oeste é um vilarejo, Milliver, as pessoas lamentam a destruição de Darth Vader Death Adder. Encontro uma loja, um sábio e uma pousada. Nem sei porque salvei o jogo no início! Dãã! Na loja, não posso comprar nada, pois não tenho um chifre sequer... Na pousada, como diz o manual posso recarregar de graça, acho que esta loura crespa (coisa que acho até charmosa) é parente da Suelo de PS.
De graça, até injeção na testa!
Uma pessoa já me diz que Adder matou o Rei e a princesa Tyris... putz! Não acharei a Tyris Flare?! Fico  desconfiado. Ouço algo do tipo "Se ir pra Norte, encontrará feras poderosas" Então simbora pro Sul que não sou bobo! No paralelo 1º Sul-1ºOeste já ouço a musiquinha mudar. Desço e vejo gosmas verdes e um orc! Me empolgo na minha primeira lutinha e... Game Over! Fui seco nos inimigos e eles me detonaram!
"Chegou o almoço, galera!"
 TRY AGAIN!
Ok, recomeço e vou pro abraço. Tento usar o método de luta Wonder Boy. Descubro que as gosmas dão mais pão que os orcs, que dão mais trabalho pra matar com as flechas.  Então, enfrento as gosminhas primeiro e depois o porcão! Vou adentrando pro Sul... sempre gostei de ir para o Sul. Mas tem um momento que não dá mais para descer.

Decido mandar meu bárbaro para o Oeste primeiro. Não consigo me achar no mapa, só as vezes reconheço os jardins próximos da minha vila... Acho uma região de areia no ponto 3º Oeste e 3º Sul... Deserto?! Meu D'us, tô perdido! Desço pro Sul e vejo o mar e bichos atirando do mar! Minha experiência com Phantasy Star me manda ficar longe do mar e de desertos no início! Eu volto apavorado pro Leste, começo a encarar uma floresta que vou me perdendo, ainda mais porque Me mata de susto uma árvore loouucaa que cria olhos e me persegue (não parecia isso no manual)! Ela anda justamente nos pontos estreitos da Floresta (4ª a 7º Sul entre 0º a 3º do Oeste). Fico perdidinho tentando sair...Nesta hora toca o telefone e atendo. Não era nada de mais!

 Retorno ao game. Meio que perdido, vejo enfim um descampado à 4º Sul e 2º Leste, dou a volta pelo Norte e Leste. Chego no ponto à cidade de Saylum (tava no mapa) à 4ºSul e 3º Leste. Tá tudo queimado e cheio de bonequinhos mortos igual Phantasy Star 2... Como não temo fantasma, vou seguindo minha intuição e entro na lareira: Acabo de achar a Maçã Dourada (Golden Apple)! É um GA, mas não é um Golden Axe...  Agora saio para o norte e leste, e encontro um ponto parecido com um jardim vou seguindo mais duas telas pro leste e vejo o mar! Cacilda! Como tem monstro no mar, vou descendo pro sul até ver algo tipo uma ponte. Olho de novo o mapinha do manual, acho que estou me situando entre Saylum e o Labirinto I, acho que estou perto. Corto um inimigo que abre uma escada perto do porto. Felizmente, tem um sábio para salvar meu jogo.


O Labirinto I está numa ilha com ponte (Ponto 3ºSul e 5º Leste). Vou desviando igual um maluco do tiro (fogo?) do Dragão que sai da água.

Enfim, começa a batalha, o labirinto parece simples, vou andando. Minha surpresa é achar num baú um Machado!! Agora a coisa ficou boa, o machado amplia meu ataque e os morcegos são mais fáceis de atingir. Quando pauso o jogo, vejo todo o meu progresso.
Ele apanhou no Arcade, vai apanhar no RPG também!
 Encontrei enfim o Boss: é o 1º chefão de Golden Axe, o Gordão do martelo. A luta tá equilibrada e quando sinto zerar meus corações, uso o Golden Apple. Recarrego tudo e dou fim no monstrão! Agora ganho a primeira jóia, a laranja.

Satisfeito, salvo o game e vou dar uma atenção à minha esposa. Outro dia continuo.
TO BE CONTINUED...


____________________________________________________________________
OBSERVAÇÕES: A Ideia da Golden Apple vem da mitologia e o trocadilho com Golden Axe como já disse. Antes de iniciar a narrativa do capítulo dois, farei um pequeno inventário sobre os itens descritos no manual.  

3 comentários:

  1. Ai sim viu esse diário de bordo esta bem maneiro vou acompanhar pra poder jogar esse jogo depois que eu zerar o mega man xtreme de game boy color.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Rock!
      Este Diário de Bordo demorou, mas saiu.
      Que joguinho gostoso este. O Mega Man também é outra coisa que eu pararia também pra jogar.
      Abraço.

      Excluir
    2. Valeu, Rock!
      Este Diário de Bordo demorou, mas saiu.
      Que joguinho gostoso este. O Mega Man também é outra coisa que eu pararia também pra jogar.
      Abraço.

      Excluir