sábado, 17 de março de 2018

Sessão do Aniversariante - 2018


SAUDAÇÕES!!
Estamos prosseguindo a nova Sessão no QG em 2018! 
No mês de aniversário dos membros, o presente é  seu! O aniversariante vai te presentear com três super games que está jogando no momento! Nosso aniversariante do mês de Março é:

Adinan Alves!


Saudações galera!
Vou aproveitar que é o mês do meu aniversário e recomendar 3 jogos para vocês. Aproveitem e boa jogatina!




Wonderboy the Dragon's Trap (Indie - PC)

Aproveitei no começo do ano a promoção da Steam e finalmente baixei esse clássico na sua forma suprema: um remake caprichado com excelente trilha sonora, belíssima animação e uma fidelidade absurda pelo jogo original, tão fiel que é até possível alterar para os gráficos e/ou músicas retrô com apenas o pressionar de um botão, e a troca acontece em menos de 1 segundo, é um absurdo maravilhoso o trabalho que fizeram nesse remake!
Se você é fã de Wonderboy, demorou pra baixar esta versão, é simplesmente tudo o que sempre sonhamos em um remake! Feito de fãs para fãs.




Gauntlet IV (Mega Drive)

Gauntlet é um clássico arcade de Dungeon Crawler, mas sem os elementos de RPG, apenas pura e simples ação. Mas é muito divertido, ainda mais com a galera, onde até 4 jogadores podem desbravar as dungeons, selecionando entre Guerreiro, Valquíria, Elfo e Mago, cada um com suas vantagens e dificuldades.
Tanto o Master quanto o Mega possuem ótimas versões de Gauntlet, mas vou recomendar a versão Blast Processing (Mega Drive) por conta da trilha sonora que ficou muito épica! E tem inclusive o modo história que o aproxima mais de um RPG tradicional, com compra de equipamentos e pontos de experiência para melhorar os atributos do seu personagem.



Ninja Gaiden (Master-NES)
Ninja Gaiden classicão do NES ainda é um bom jogo, mas acaba sendo arruinado pela dificuldade insana e de certa forma injusta. Com isso o jogo não envelheceu tão bem e chega a ser difícil recomendá-lo a não ser pelo valor histórico.
Mas a versão do Master, programada pela própria SEGA, mostra como um bom level design pode ajudar a manter o jogo divertido por décadas. Não tem as cutscenes caprichadas do NES, mas a dificuldade é desafiante porém justa, as colisões funcionam melhor, o que torna esta versão mais prazeirosa de jogar. E a trilha sonora ficou ótima também, com músicas marcantes que ainda me pego assobiando; só de escrever esse post já estou com a música da montanha na minha cabeça! Uma pena que lá fora o pessoal mal conhece esta versão, mas se me pedirem pra recomendar um Ninja Gaiden clássico, sem dúvida alguma é o do Master System que eu recomendaria!


Abraços!



3 comentários:

  1. Só jogão ai dentre deles eu só joguei o Ninja Gaiden do Master System que é show de bola viu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro o Ninja Gaiden! Mas curto todos os jogos.
      Wonder Boy é lugar comum pro Adinan, mas como resistir a esse jogo.
      O que devia dar mais trela é o Gauntlet que só joguei o do Master.
      Abraços!

      Excluir
    2. Ninja Gaiden é umas das séries que também curto me lembrei também que joguei aquela versão trilogi do Snes que é bem maneira e treta por sinal hein rs.

      Excluir