quarta-feira, 27 de julho de 2011

Master Secret #2 - Psycho Fox

Esvaziem a sala e tranquem as portas. Vamos dar início à mais um Master Secret. Sim, meus caros, chegou a hora de separarmos homens de crianças. Hoje vamos trazer à tona os segredos da vida de mais um herói da época de ouro dos games, uma raposa com poderes sobrenaturais de dar inveja à Mística, vilã dos X-Men. Prontos? 

Histórico
Criada em 1989 pela Vic Tokai Corporation e trazido para terras tupiniquins pela própria Sega em 1994, a "Raposa Psíquica" com poderes mutantes é a protagonista do jogo homônimo Psycho Fox. 
Sua história, reza a lenda, se passa no Japão, onde uma raposa sagrada, a divinidade chamada Inari Daimyojin era cultuada pela população por abençoar suas colheitas. Neste mundo as raposas eram sacerdotes poderosas e guardiões do Santuário Inari. 
Porém, um belo dia, uma raposa insana chamada Madfox Daimyojin, quando nomeada sacerdote especial do Santuário, concebeu um plano sombrio para conquistar o mundo. Criou seres malignos e tomou todo o país (seu primeiro passo) com seu exército do mal. 
Foi quando as outras raposas do Santuário se reuniram e nomearam a mais jovem dentre elas como herói para combater Madfox. 
Seu nome? Psycho Fox. Seu dom? Transformar-se em outros animais. Sua missão? Derrotar Madfox e devolver a paz ao mundo.
Perfil
Fox é uma raposa com dons especiais, ela pode se transformar em outros animais: um tigre, um macaco e um hipopótamo, adquirindo também suas habilidades: correr mais rápido, pular mais alto e bater mais forte. Mas para usar seu poder, Fox precisa de uma espécie de totem (parecido com uma mini escada). Esse objeto, quando usado ativa seu poder. Se uma raposa normal usar nada acontece, mas Fox não é uma simples raposa, ela é Psycho Fox.
Carreira
Apesar de uma "sequência espiritual" lançada para o 16-bits, intitulado Decap Attack (1990), Psycho Fox parou no primeiro jogo. A carreira curta foi considerado por muitos um desperdício para um jogo que poderia ser uma série marcante. Ainda assim o jogo único é considerado um clássico do Master System e por isso Fox brilhou muito. 
Atuações
Fox é protagonista apenas do jogo Psycho Fox (1989) lançado somente para Master System.
Quebrando ovos
Apesar de toda boa raposa gostar de invadir um galinheiro pra bater um rango, em Psycho Fox, nosso herói não quebra ovos pensando em um omelete, mas sim nos itens que acha dentro deles. Esporadicamente encontra inimigos também. Os itens adquiridos nos ovos são:
• Pássaro Negro: aliado no jogo, serve como arma e também proteção.
• Totem: permite que Fox use seu poder e mude de forma.
• Boneco: mata todos os inimigos visíveis na tela.
• Poção: dá a Fox uma invencibilidade temporária.
• Saco branco: quanto mais sacos, mais chances na fase de bônus.
• Clone: vida extra.
Curiosidades
• O pássaro negro, aliado de Fox não é um corvo como todos imaginam, na verdade é um Melro-preto e ele se chama BirdFly.
• No final do jogo as raposas gritam "DOSUCOI!" uma expressão usado por lutadores de Sumô e o siginificado é "Invencível!". 
• a Vic Tokai Corporation desenvolveu um jogo para o NES um ano antes, chamado Kid Kool (1988) muito parecido com Psycho Fox, porém com gráficos inferiores.
• a Tec Toy fez um hack nacional e trocou Fox pelo Sapo Xulé. O jogo passou a se chamar Sapo Xulé vs os invasores do brejo (1995).
• Apesar da premissa do jogo ser muito diferente, Decap Attack foi considerdo a sequência espiritual de Psycho, devido a sua engine.
• Há uma versão do jogo Psycho Fox para celular, lançada há alguns anos.
• Existem buracos negros (warpzones) em algumas fases que te levam a outras fases, bem no estilo Mario Bros.
• Nesse jogo é possível correr, ou melhor, quicar sobre a água usando a forma do tigrinho e pegando embalo.
• As Raposas estão entre os animais mais usados em nomes corporativos, mascotes e personagens no mundo, prova disso temos a Century Fox Films, o canal Fox e Fox News, o mascote do time mineiro Cruzeiro Esporte Clube, o navegador Mozilla Firefox, o carro Volkswagen  Fox, a Fox Head e outras. Isso sem contas raposas famosas como  Tails (amiga de Sonic) e Fox McCloud (Star Fox - SNES). 


- Fim.


Mais um caso encerrado. Até o próximo arquivo, abraço do Leo S.



25 comentários:

  1. Parabéns pelo post, Leo! Tô curtindo muito essa nova seção! =D

    Psycho Fox é um dos meus jogos prediletos! Aliás, nunca soube que o enredo dele fosse tão bacana, envolvendo mitologia japonesa e tudo mais. Gostei, já tô vendo o jogo com outros olhos agora! XD

    Esses dias eu tava jogando o Decap Attack. É um jogo digno de ser uma sequência do Psycho Fox, tem todos os elementos do original e evoluiu diversos aspectos da jogabilidade. Mas seria mais interessante se o jogo fosse uma sequência legítima com os mesmos personagens do jogo original. Acho uma pena que a saga do Psycho Fox tenha sido tão curta.

    Abração!

    ResponderExcluir
  2. Cara, parabéns, você foi buscar a fundo a história, gostei de ver! Vi que esse é o segundo arquivo, vou ler o primeiro também, muito legal essa sua idéia.

    ResponderExcluir
  3. É incrível como vocês manipulam as imagens! Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Concordo com o Adinan! estou curtindo essa nova seção! acho que irei plagiar hahaha, Brincadeirinha!

    Cara, estou louco atrás desse cartucho para o meu Master, acredito que joga-lo no console original deve ser fantástico!

    O post ficou incrível, boa sorte com os novos Secrets

    ResponderExcluir
  5. Cara muito bom esse jogo viu me lembro de ter jogado bastante mas é uma pena eu nunca ter zerado ele.Curto muito as músicas de fase dele o que matava era o seu pulo muito baixo e para saltar mas alto tinha que pegar embalo.Continue com esses post incriveis sobre esses jogos clássicos Adinan .

    ResponderExcluir
  6. @Adinan A.
    Valeu parceiro, eu tb to curtindo muito fazer essa nova seção =D
    Puxa o jogo tem uma história bem legal, tudo que envolve mitologia me fascina e como você disse, quando se sabe o enredo a história muda nossa visão de jogo!
    Eu adoraria ver uma sequencia desse jogo, mesmo no 8-bits e com certeza no 16-bits, uma pena que não o fizeram. Ainda bem que Decap Atack fez bonito na "sequencia".
    Abração!

    @Mario Cintra
    Cara, esse é o espírito, buscar a fundo a história dos jogos. Que bom que gostou, leia mesmo e fique atento logo teremos mais um Master Secret. Abraço!

    @Willi JRCW
    A verdade meu amigo Willi, é que trabalho exatamente com manipulação de imagens, rs. Sou Diretor de Arte de uma agência de publicidade e passo o dia no Photoshop... acredite, as coisas que faço aqui são rápidas, manja? "Receita de bolo", coisas que não levam muito tempo. Se interessar visita meu portfolio: www.leosanchez.tk e veja alguns trampos meu. Tão mais legais as manipulações lá. Abração.

    @Cyber Woo
    Grande Cyber! Fica a vontade meu caro, pode plagiar a vontade, terei prazer em acompanhar, seus textos são ótimos XD
    Ah, a sensação de jogar no console original é indescritível, acredite!
    Valeu! Forte abraço!

    @aki é rock
    Fala veio, blz? Realmente esse jogo é ótimo, as músicas são excelentes, e zerar ele é dificílimo... pois é bem extenso, muitas fases. E realmente, o pulo é o ponto fraco, sem embalo fica engessado.
    Agora vem cá, vc não se confundiu não? Além do Adinan, tem eu aqui escrevendo no blog, inclusive esse post foi meu, rsrs.
    Abração!

    ResponderExcluir
  7. Adoro esse jogo. Obrigado por esclarecer sua história, ficou ainda mais legal. Parabéns, as imagens estão super bacanas.

    ResponderExcluir
  8. E assim vou diminuindo meu analfabetismo de Master System... Adorei o texto e confesso que nunca joguei esse negócio, mas um dia resolvo isso!

    ResponderExcluir
  9. @Anônimo
    Olá amigo, obrigado!

    @GLStoque
    Isso aí titia, ve se repara isso e joga que vale a pena!!! XD

    ResponderExcluir
  10. Show Leo XD
    Madfox Daimyojin parece nome de vilão de anime cara kkkkkk E que negócio é esse de Decapattack ser sequência espiritual? Me conta essa história direito mano, essa eu não sabia XD

    Aguardo o próximo MasterSecret ^^

    ResponderExcluir
  11. Fiquei curioso sobre esse jogo do nintendinho. Leo, você já jogou? É bom, médio ou ruim?

    Ah e bela matéria!

    ResponderExcluir
  12. Fabuloso o visual do post (o conteúdo também). Tomara que vire padrão, porque ficou finíssimo, parabéns mesmo Leo! Melhor ainda, com Psycho Fox... rapaz, tenho pena da galerinha que só teve Phantom/NES e não pôde apreciar Psycho Fox na época.

    Foi interessante o Decap Attack no MD, como você falou - também adorei, mas era centrado num único personagem e o jogo em si era mais "fanfarrão"; Psycho Fox nunca teve uma legítima continuação. O final era "antologicamente estranho", na época sempre me lembrava dos finais de Out Run (cenário parado com alguns poucos quadros de animação) ehehehehe. Típico SEGA :)

    ResponderExcluir
  13. @Sabat
    Valeu Sabat!!! Então cara, é isso mesmo, jogue Psycho Fox e em seguida Decap Attack. É o mesmo esquema, com personagens diferentes em cenários diferentes... quando joguei a primeira vez o jogo do Mega Drive na hora matei a charada: "Esse é o que seria a continuação de Psycho Fox... então não vai rolar sequencia da raposa =S"
    Boa, fica no aguardo, que a tendência é melhorar ainda mais os próximos Master Secrets. Abraço!

    @MarCel
    Fala MarCel, é bom sim, pois é muito parecido com Psycho Fox, mas como eu disse é graficamente inferior ao do Master System, sem contar que lá a história é outra... vale experimentar sim.
    Obrigado!!! Abração.

    @Eric Fraga
    Grande Eric! Obrigado pelos elogios. Já virou padrão dessa seção sim! A propósito já viu o do Shinobi que foi o primeiro? Confira: http://bit.ly/mXkWvP
    Também tenho pena deles, perderam um clássico memorável!
    Concordo, o Decap Attack era mais fanfarrão... uma pena não continuarem com Fox. O final era típico mesmo, mas muito legal, nostálgico... hehehe

    ResponderExcluir
  14. Foi mal cara me confundi mas ai essa matéria ta demais viu continue sempre nos supriendendo com esses post Leo S.Falow .

    ResponderExcluir
  15. @aki é rock
    Imagina, relaxa! Acontece nas melhores famílias, rs
    Legal, valeu os elogios!!! Abração!

    ResponderExcluir
  16. Ae Leo! Parabéns pelo blog! Lendo as seções, eu relembrei vários jogos que marcaram nossa infância...lembra da gente jogando "Phantasy Star" pelo telefone? O que não era legal era a bronca dos nossos pais por causa da conta no fim do mês!! HAHAH!

    Agora quanto ao "Psycho Fox"...nossa, eu tinha esse game, eu lembro que economizei uns seis meses de mesada para comprá-lo...heheh. Adorava ficar procurando aqueles "buracos negros" (que parecia que você estava quebrando a tela) para pular de fase..aliás, acho que só terminei o game por conta dessas "warp zones" (o jogo era muito comprido e nada fácil)! Bom... parabéns pelo post! E continue com o bom trabalho!

    ResponderExcluir
  17. @João Marinho
    Olha só quem tá aqui!!! Melão!!! Pô, que prazer recebe-lo no QG, não é todo dia que um amigo de infância e de jogatinas de Master System aparece por aqui.
    Meu, bem lembrado, quando a gente disparava a jogar Phantasy Star falando por telefone era animal, íamos falando a localização que estavamos e o que enfrentávamos. Sensacional! Aliás, muito bom vc ter tocado nesse assunto, preciso e vou fazer um post contando essa história.
    Que saudade que deu agora, época boa, só tinhamos que nos preocupar com a bronca da conta de telefone. Escorreu até uma lágrima agora, rs
    Ah, eu lembro que você tinha, afinal emprestava de você para jogar mais tranquilo =P
    Descobrir as warp zones era muito divertido, passava tempo procurando elas tb!
    Valeu amigão, abraço!

    ResponderExcluir
  18. *Ah, eu lembro que você tinha, afinal emprestava de você para jogar mais tranquilo =P

    - tava me referindo ao Psycho Fox

    ResponderExcluir
  19. Minha maior frustação que tenho no Master: Nunca jouguei ou vi Psycho Fox.

    ResponderExcluir
  20. Parabéns Leo S. ficou muito bom o review e a foto do cartãozinho do herói Psycho Fox!

    Tenho esse jogo até hoje e joguei muito, valeu pela lembrança!

    OBS: Na foto inicial do post, aparece Psyco Fox, sem o Psycho, no meu não está assim, será que foi editado? :P

    abraços.

    ResponderExcluir
  21. @Big Lui
    ô loco, não sabe o que ta perdendo, corre tirar o atraso, rs

    @gamer_boy
    Valeu!!! Ah, esse jogo é sensacional!
    Então, foi editado, na verdade meti um selo da Tec Toy num cartucho europeu, rs
    Abração!

    ResponderExcluir
  22. Muito legal o post, gostei bastante das imagens!

    Eu gostava de jogar Kid Klow no NES, era um jogo não muito conhecido mas interessante. Já cheguei a jogar Psycho Fox do Master mas muito pouco.

    Pretendo preencher essa lacuna gamística de Master System qualquer hora dessas e publicar no meu blog.

    Aliás, sabiam que o grande Decap Attack é na verdade um "hack oficial" do game "Magical Hat No Buttobi Turbo! Daibouken (Magical Hat Adventures)"? Eu destrinchei e comparei os dois games nessa matéria enorme no Passagem Secreta, dividida em 3 partes:

    http://passagemsecreta.com/versoes/mh-da/

    Apesar de hoje eu já aceitar o Magical Hat Adventures como um jogo simpático, acho Decap Attack muito melhor, principalmente o som.

    Pena que não vimos mais esse estilo de jogo, né?

    Abraços!

    ResponderExcluir
  23. @mcs
    Desculpa a demora pra responder Marcos, só agora vi. =D
    Cara, essa do Decap Attack ser um hack oficial eu nunca imaginei... bem legal a sua matéria!!!
    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc jogou o psycho se vc jogou em q sait obrigada

      Excluir