quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

TOP 5 Jogos de luta do Master




Saudações, galera. Aqui quem fala é o novo integrante do QG Master, Rodrigo, do blog do livro "O Devaneio de Rute". O Leo fez um convite e fiquei honrado em aceitar, espero que gostem!


Jogos de luta para o Master System sempre foi um tanto polêmico. Desde Street Fighter, surgiu um novo tipo de game em que ao invés de andar e lutar, estilo inaugurado pelo Double Dragon, você sem sair de um cenário lutava com um único inimigo, tendo estratégias e técnicas especiais pra vencê-lo. Em geral era um grande torneio ou uma série de duelos.

Poucos títulos foram pro SMS, com certas limitações que eram o delirio dos jogadores dos arcades como grande variedade de lutadores pra escolher, vozes digitalizadas, ou personagens grandes. O critério principal deste TOP 5 é a capacidade de diversão, mais que poder gráfico ou sonoro ou conversão do game original.

Bem, sem mais delongas vamos apresentar os campeões de pancadaria do Master!



5 LUGAR: STREET FIGHTER 2

Dispensa apresentações. Eis o jogo que foi mais esperado dos jogadores de SMS. Todos os consoles tinham versões oficiais ou não-oficiais, e talvez este seja o último jogo lançado pela Tectoy pro console. O famoso torneio com os maiores lutadores da Terra, o que originalmente era um game de "luta de rua". É seu único game de 8 Mega, tem personagens grandes e vozes (não durante as lutas), os gráficos são bonitos e as músicas são as mesmas com os timbres típicos do Master (a de Ryu ficou meio "celeste"!). São 8 personagens, 3 são chefões. Porém, os controles são duros, golpes foram cortados, a jogabilidade impede combos óbvios como o voadora-e-rasteira. E os cenários faltam alguns detalhes. Mas por uma questão sentimental de qualquer Old Gamer, vale a pena adquiri-lo e recebe a quinta posição.


4 LUGAR: VIRTUA FIGHTER ANIMATION

Os gamers tradicionais não devem vê-lo como uma conversão, mas como um game baseado num desenho animado.... desenho animado baseado num game. Akira e sua turma em sua luta contra a gangue Koenkan (não é Cuecão como dizem certas crianças!) participam de lutas sem magias ou golpes bizarros, o que fazia falta num mundo gamístico em que tudo são hadoukens e fatalities. A única objeção a esse game são os personagens pequeninos que parecem saídos de um minigame (sim, ele saiu do Game Gear!). Mas os gráficos são MUITO bem desenhados, os golpes são bons. O som é muito legal pra 8 bits. Apenas 1 lutador ausente da primeira versão. Mas pra compensar os cortes, as animações do modo story que contam o enredo do anime, as vozes de vitória no modo Vs Com, e as caras dos personagem parecendo bonequinhos fofos de mangá (A Pai é uma gracinha, enquanto a versão arcade original era horrível!) tornam o jogo muito bonito. Merecido quarto lugar.



3 LUGAR: MORTAL KOMBAT

Sim, eis o primeiro game de luta para o Master System que causou filas nas locadoras. "Yes, we have Mortal" diziam os donos de SMS. O famoso torneio Shaolim de Artes Marciais que eu jurava que vi vários destes personagens no gibi chinês-coreano "Clássico de Artes Marciais - estrelando Mestre Kim". Os cortes foram mais dos 4 cenários e apenas dois lutadores ausentes, Kano e Reptile. A escolha de Kano foi boa para os controles do Master. Tudo indica que foi um game feito na pressa, (lançamento simultaneo pra 5 consoles, chamado de "Mortal Monday") mas mesmo assim, como game para o Master era um game divertido, causando verdadeiros torneios em casa nos anos 90. Os fatalities surpreenderam, melhores do que se esperavam na época. Recebe pela menção honrosa, o terceiro lugar.



2 LUGAR: MORTAL KOMBAT 2

Isso sim, mostra o poder do Master System. Parecia impossível superar a limitação que Mortal Kombat 1 mostrou. Fizeram a proeza de incluir mais dois personagens normais e 2 secretos. Os sons são mais "corretos" se compararmos com a primeira versão. A Midway nesta versão avisou que caprichou na jogabilidade. Como game de SMS, a variedade de táticas é muito maior que o primeiro, isto é, muito mais diversão. O CPU também varia mais suas táticas. Golpes especiais aéreos, teleportes, invisbilidade, metamorfose e até golpes no solo, fazem vibrar as lutas.Vale com honras e louvores, o segundo lugar.




1 LUGAR: MASTERS OF COMBAT.

Eis um game original para o sistema, o que facilitou muito as coisas. A única objeção que são apenas 4 personagens e o boss, não tira a diversão. Um misterioso torneio numa cidade futurista que envolveu a queda de um OVNI É um game muito rápido, tem um forte equilibrio entre lutadores fortes e rápidos. A variedade de táticas são ótimas também. Para ter 2 Mega, a Sega devia pensar numa continuação. Masters of Combat é considerado não só para o SMS mas para os 8 bits, o merecido primeiro lugar!


Outros Games pro sistema:

- Mortal Kombat 3

- San Goku Shi (apenas no Japão e na Coréia do Sul)

Alguém só me responda porque a Tectoy não converteu Fatal Fury Special (9 lutadores com Ryo Sakazaki disponível), Samurai Shodown (10 lutadores) e Primal Rage do Game Gear pro SMS?

O PIOR: PIT FIGHTER

Se você adquiriu esse game (como eu) só tenho a lamentar. Os controles são ruins, os lutadores mal desenhados e a música, ausente na luta, é irritante. Merece o Framboesa de Ouro.

16 comentários:

  1. Olha eu aqui, outro fã de Masters of Combat!

    Também acho esse o melhor jogo de luta do Master, porque foi feito pensando no console. Com isso, os golpes saem fácil, os gráficos são apropriados e a jogabilidade é veloz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, sou fã do teu blog! Masters é mesmo um jogasso! É feito pra ser rápido. Por isso é tão bom. Valeu.

      Excluir
  2. Fala Rodrigo!
    Belissimo post cara, adorei o top 5! Bem escolhido as posições, e claro, Masters of Combat é muito superior, pois como vc mesmo disse, é um game original para o sistema.
    Virtua Fighter é bem bacaninha tb, mas concordo com vc, temos a sensação de estar jogando um mini game. E acho estranho os personagens tão pequeno, pq quando é uma adaptação que a tectoy fazia, eles costumavam ficar é grande demais, parecia um zoom na tela.
    Pit Fighter foi um tiro no pé, eles erraram feio mesmo... agora esse San Goku Shi lançado só no Japão e Coréia do Sul eu nunca vi, vou dar uma conferida.
    Parabéns pela matéria e seja bem vindo ao QG.
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Leo!
      Virtua eu gosto, mas não vejo como uma conversão, pra mim é um jogo original, por isso "animation". ainda não domino tudo. Como esqueci minha revista de golpes do Virtua 1 na minha antiga casa, tenho tentado de tudo pra descobrir os golpes e jogar com o Dural no Vs. O Lau comigo é inútil, hehehe só sei mandar o summersalt kick. Os cenários eu acho bem bonitos, e adoro ouvi a Sarah girtar "Yahoo!" hehehe.

      Pit Fighter não sei o critério que tiveram pra fazer o game, para aquilo só dar 4 Mega.... Paguei pra ver e comprei o game ano retrasado, que arrependimento.

      San goku Shi é como o nosso Mônica aqui, como só japas e coreas conheciam não se interessaram em passar adiante, dizem a lenda que nem seria um game oficial.
      Espero fazer mais matérias como essa.

      Excluir
  3. Aliás, acho que o virtua tinha que ter sido traduzido pela Tectoy, acho que teria mais graça!

    ResponderExcluir
  4. Cara, concordo quase que totalmente (Acho o MK II melhor que o primeiro, no Master). Há algum tempo atrás eu comecei a fazer uma tradução do Masters of Combat. As telas iniciais e mais alguns itens saíram. Hoje por falta de tempo o projeto está jogado em alguma pasta do meu PC. Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O MK 2 acho o melhor do Master e também o melhor da série MK, parei no Ultimate, o jogo devia ser mais oriental e pelos excessos, virou meio bagunça. hehehee (jogador clássico com nostalgias!)
      Já esse papo de tradução fico bem interessado, queria muito trabalhar com upgrades pessoais de jogos já conhecidos.

      Excluir
    2. Se o pessoal aí quiser continuar eu passo a ROM pra vocês. Deve estar em uns 30% ainda, mas já é alguma coisa.

      Excluir
    3. Já tá ótimo! Mande pra nós! =)

      Excluir
  5. Cara, bem legal o post, mas eu tenho que confessar: odeio todos os jogos de luta do Master, especialmente os MK.
    Pra falar a verdade, Street Fighter 2 eu não tive a oportunidade de jogar, tentei emular uma vez e não me lembro exatamente de como era.
    Virtua Fighter Animation e Masters of Combat eu realmente não conheço. Esse segundo vou ler o post pra ter uma idéia de como é.
    Agora, Pit Fighter é de fato o pior jogo de luta para o nosso querido SMS. "Ganha" de lavada dos outros!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, eu curto os games de luta, porque não estou esperando uma conversão perfeita, mas um jogo mais simples. Pessoalmente, o Masters of combnat, pra quem não liga pra poucos personagens (tinha um jogo de SNES que também eram 5 lutadores) e que eles sejam pequenos, é o cão como game. A luta de Hayate vs Hayate é uma das mais rápidas que já joguei. Falows.

      Excluir
  6. Aê Rodrigo! Cheguei atrasado mas de qualquer forma seja bem vindo ao blog! =D

    Gostei muito desse TOP 5, adoro jogos de luta e é legal ver que o Master System teve alguns joguinhos interessantes neste gênero. Eu só não joguei os Mortal Kombats, preciso jogar para conferir. Gostava muito do Virtua Fighter Animation, e Masters of Combat fui conhecer só depois no emulador, e realmente é o melhor jogo de luta do console, vale a pena conferir.

    Abraços e parabéns pelo ótimo post! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Adinan!!
      Valeu, que bom que gostou do post. O Master produziu aqui 6 jogos de luta um-contra-um. O Masters of Combat eu acompanhei o lançamento aqui no Brasil por uma revista, até sugeri na época pro dono da locadora comprar. E Valeu a pena! O Virtua estou atualmente pesquisando os golpes, e vendo as diferenças da versão Game Gear pra SMS.
      Para o Master, indispensável só acho o Mortal Kombat 2 da série, não é pra esperar uma conversão fiel, mas é um jogo divertido.

      Excluir
  7. E aí Rodrigo, ficou ótimo o seu Top 5, parabéns!!
    Dos jogos citados, os que mais curto são Virtua Fighter e Master of Combat. Sou um Mega fã de Virtua Fighter, tenho muitas lembranças de quando jogava no Sega Saturn, então fiquei feliz em saber que o Master recebeu um port da versão do Game Gear, que ainda é baseado no anime (que por sinal é bacana também). O Master of Combat é outro jogão, realmente fizeram um ótimo trabalho no Master System.

    Abraços e seja bem vindo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. valeu, matheus!
      Eu também adoro o virtua. pra mim mais que efeito zoom,3d ou sangue (vão me bater! rs), um bom fighting game é feito com táticas, coisa que o MoC tem de sobra.

      Excluir
  8. @Gamer Caduco
    @Matheus T.
    O post sobre Masters of Combat:
    http://qgmaster.blogspot.com/2012/02/master-review-master-of-combat.html

    ResponderExcluir