domingo, 8 de abril de 2012

Master Review - Blade Eagle 3D


Antes de iniciar, gostaria de dizer que este post eu dedico ao meu amigo Gagá. Assim que soube que eu tinha readquirido um Master System, ele, que é simplesmente a referência máxima na blogsfera retrogamer, mas muito humilde e solícito, me ofereceu esse belíssimo presente para minha coleção. Só tenho a agradecer e dizer: o cara é gente boa demais!
Ganhar um presente do Gagá é realmente uma honra!

Ok, agora vamos ao review.

Jogos 3Ds em meados de 1989?
Sim, por incrível que pareça para aqueles que chegaram ao mundo recentemente, a tecnologia 3D já existe muito antes de filmes como Avatar ou Alice no país das Maravilhas. Ok, talvez não tão bom quanto os de hoje, a tecnologia evoluiu, obviamente, mas funcionavam.


O efeito era possível com o auxílio de óculos especiais, com uma lente vermelha e outra azul, enquanto que, hoje em dia com o 3D digital, os óculos usam como recurso a polarização que filtram apenas ondas de luz. O legal dessa nova tecnologia, é que as cores do filme não sofrem tanta alteração e nem alguns efeitos indesejados das imagens anáglifas.
Mas mesmo nessa época, já existia um console com tecnologia 3D à frente do tempo, sabe qual? Vai, ganha um doce quem adivinhar.


Isso mesmo, o nosso querido 8-bits da Sega. Mas o segredo dessa tecnologia usada no Master System, era o material com o qual os óculos eram feitos: cristal líquido. Eles piscavam com uma frequência diferenciada causando um efeito 3D sensacional. Sim meus caros, era o futuro passando pelos seus olhos e você não sabia.
Porém o acessório era caríssimo, e nem todo mundo podia ter um desses. Eu mesmo não tinha. E com isso, a popularidade dele foi diminuindo, a quantidade de jogos que não era tão grande assim estagnou, e hoje ainda é difícil comprar por um preço acessível o bichinho.

Jogos de nave, divertindo desde 1980
Os jogos de naves (espaciais ou não) são tradicionais e divertidos por excelência. Desde o Atari, lançado por aqui em terras tupiniquins no início da década de 80 até hoje, encontramos jogos de naves que ainda fazem sucesso. Pode ser visão em primeira pessoa (estilo simulador), visão aérea ou mesmo visão lateral, sempre que temos o poder de fogo de uma aeronave nas mãos, nos sentimos ases indomáveis. Passamos horas e horas detonando outras naves e explodindo bases inimigas. E com Blade Eagle 3D não é diferente.

Desde os primórdios...
...até hoje em dia!

A águia alça voo e mostra suas garras
Blade Eagle 3D seria apenas mais um jogo de nave, divertido como tinha que ser e simples como costumavam parecer, não fosse o atrativo 3D. Isso muda tudo. Pelo menos na época em que nenhum outro console tinha a responsabilidade de trazer o máximo em realidade como o Master System prometia, lembra do slogan? "É um jogo, mas poderia ser verdade". Os óculos 3D, bonitos e modernos também eram funcionais e realistas. A sensação de que os projéteis vinham em sua direção convenciam e empolgavam. Eu sei porque meu amigo tinha e eu jogava com ele tudo que era jogo tridimensional.



O jogo em si não é difícil, mas pra quem começa sem saber de nada, vai penar pra pegar o jeito. O melhor é ter um joystick com a função rapid-fire, ou o próprio acessório com esse mesmo nome do Master.
Os comandos são simples, o botão 1 atira e o 2 muda o plano da nave, ou seja, você alterna entre o plano em que se encontram as naves e aonde se encontram as bases. Não entendeu? Vai jogar que é melhor, é realmente complicadinho explicar. Mas é um sistema bem legal, apesar de confuso, pois nada indica o plano que você tá, você acaba que rindo e chorando ao mesmo tempo.



Um jogo de nave. Um game 3D. Um clássico.
Blade Eagle é diversão garantida, mas fica a dica, tem que ter o óculos, eu já to correndo atrás do meu ;)

19 comentários:

  1. Taí uma coisa que só tive um breve prazer... mas foi com outro game, o Maze Hunter.
    Tudo era muito caro nesta época e ter todos esses acessórios do Master, não era para qualquer um. Tanto é que, somente um dos meus colegas/conhecidos (não... não era amigo não. Rss!) tinha o danado do óculos 3D e, digamos, não era lá muito solícito (mas, para pedir cartucho emprestado, não fazia cerimônia alguma).
    Menos mal que a maioria destes jogos tinha opção de se jogar em 2D ou, nem podería tê-los experimentado.
    Até mais!

    P.S.: Belo post e bela sorte a sua hein, Leo? Mais um game para a coleção. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Douglas! Mais um game pra minha coleção!! hehe
      Então, alguns jogos tem opção 2D como Zaxxon e Space Harrier. Já este é só no 3D mesmo. Se não me engano Maze Hunter tb.
      Po, sacanagem do seu "amigo" hein, pra pedir blz, mas pra deixar jogar o cara era mala... hahah acho que todo mundo teve um conhecido assim. Sempre tem um na turma.
      Abração!

      Excluir
    2. E eu que comprei Maze Hunter sem saber que era 3D... cara, foi um dos jogos mais dificeis de terminar (terminei sem o oculos O_o), principalmente nos labirintos do "fundo do poço", huahauha

      Excluir
    3. hahaha, deve ter sido osso jogar vendo tudo duplicado.

      Excluir
    4. Cara nem sabia que o space harrier tinha opção para desligar o 3D...agora fiquei animado a comprar um rsrsrs pois infelizmente não consigo achar o space harrier 2d original, só o 3D

      Excluir
    5. Então Adinan, mas vai com calma antes de comprar, hahah esse pra ligar o 2D é mais difícil, o esquema é o seguinte:

      Out Run 3D - Dê pause na tela título
      Zaxxon 3D - Mesmo procedimento
      Poseidon Wars 3D - Inicie o jogo apertando "2" no controle 2
      Space Harrier 3D - Jogue até o final da primeira fase, deixe o chefe te matar e põe T-H-R-E-E no nome pro High Score...

      Blade Eagle 3D, Maze Hunter 3D e Missile Defense 3D não sei se tem jeito, aparentemente não.

      Essas dicas peguei com o R0ny_K3t no forum. =D

      Excluir
    6. Eu tenho o Space Harrier 3D ("joguinho difícil, hein?") e a Sega sacaneou neste macete para colocar o game para 2D.
      Ter que jogar, fazer pontuação suficiente para que tenha recorde e escrever THREE com o controle dois? Ela queria mesmo que o povo comprasse os óculos. Rss!
      Por fim... também tenho o Out Run 3D. Me corrijam se eu estiver errado. Este game é mais lento que o Out Run normal? Achei 3D lerdo demais (talvez, para não deixar o povo vesgo de tanto usar o óculos 3D. Hehehe!)
      Até mais!

      Excluir
  2. Nunca ouvi falar desse jogo mas pelo jeito é bem divertido .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala rock! É divertido pra caramba, mas tem que ter paciencia pra pegar o jeito, senão vai achar difícil e parar no começo. Mas o lance mesmo é jogar com o óculos =D

      Excluir
  3. poxa nao conhecia esse (crassico) do master pena quenao cheguei a jogaqr mais vou dar uma olhada no emulador mesmo sem oculos hehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Usa o Meka e desliga a opção 3D que fica jóinha, hehe

      Excluir
  4. Nunca joguei, mas sempre ouvi falar bem desse jogo. Eu tô com 2 controles turbo (rapid fire) encostados. Quem sabe eu anime, quando meu amigo consertá-los?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí sim!!! Com controles turbos o bicho pega!!! rs

      Excluir
  5. Curti o review, Leo! Dos jogos em 3D do Master só me aventurei com o Maze Hunter e o Out Run 3D, mas pelo visto vale a pena conferir os outros. Pena que achar os óculos é uma aventura por si só, mas isso prova que o Master estava a frente do seu tempo. =)

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem duvida parceiro, o Master dava um show com a tecnologia dos óculos, era coisa fina, rs. Acho que vale a pena pegar um para os jogos 3D, dificil ta achar um não muito salgado, hehe
      Abração

      Excluir
  6. Eu confesso que detesto esse jogo ^_^ Mas na época, né, óculos 3D e tal... todo mundo queria saber como era!

    Jogo bom de tiro no Master, pra mim, é Power Strike (1 e 2). Já jogou? Vale muito a pena. Tem um outro também... acho que é Bomber alguma coisa, não lembro agora... é bem legal também.

    Esqueci de te contar uma coisa... se não me engano, esse Blade Eagle veio junto com o Saturn que o Samuel Leite mandou para mim, lembra dessa história?

    Abração, Leo, e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha sério Gagá? Poxa, gosto tanto dele! Mas concordo com você, Power Strike é muito foda! Preciso falar dele aqui. Só que só conheço o primeiro, preciso jogar o segundo tb.
      Bomber Raid tb é bem legal, se bem que joguei pouco, mas gosto.
      Caraca, agora que vc falou eu lembrei, é verdade tinha um cartucho do Master no video do youtube que vc ta abrindo a encomenda dos correios com o saturn, preciso ir assistir de novo agora que vc falou, haha

      Valeu mais uma vez Gagá, abração!

      Excluir
  7. Óia só, ganhou presente do bom velhinho da blogosfera retrogamer, bacana! haha!
    Cara, eu joguei muito pouco Blade Eagle 3D justamente por não ter o óculos durante minha infância e adolescência. Hoje em dia tenho o óculos e o jogo, e mesmo assim joguei pouco. Fui tentar colocar o óculos na minha pequena cabeçona e adivinha? Crash... quebrou! FFFUUUUUUUUUU! Tome cuidado quando vc adquirir o seu pra não fazer a mesma burrada do velho caduco cabeçudo aqui! kkkkk
    "É um jogo, mas poderia ser verdade"... CLÁÁÁÁÁÁÁÁSSICO! Estampadão na caixa do Master! Como é possível não lembrar?
    O negócio da mudança de planos me irritou profundamente quando fui jogar recentemente (sem o óculos, imagina) e não entendia o pq de eu acertar algumas naves e outras não. Depois fui entender.
    Muito bom o texto, Léo!
    Abraço

    ResponderExcluir