quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

O Que Você Jogou em 2011


Saudações galera!

QG Master marcando presença mais uma vez em um novo meme da blogosfera retrogamer! Falaremos hoje sobre o que nós jogamos em 2011. A idéia é fazer um balanço sobre este ano, se foi um ano bom ou se poderia ter sido melhor, e lembrar dos jogos que mais chamaram a nossa atenção.

Aqui no QG Master, decidimos criar um post único onde cada membro faz a sua retrospectiva sobre o ano de 2011. E na montagem deste post, teve muito jogo bacana acompanhando a equipe neste ano.

Sem mais delongas, vamos ao post!




Dos jogos mencionados neste post, recomendamos Master of Darkness (Master System).




Se tem uma coisa que me entristeceu em 2011 foi constatar, mais uma vez, que meu tempo para jogar está cada vez mais curto. RPGs têm sido cada vez mais raros na minha "dieta gamer", dando preferência aos games arcade e mais curtos. Mas quem sabe no ano que vem consigo mais tempo para curtir um bom RPG...

2011 foi o ano do Mega Drive para mim. Com o meu novo-velho Mega Drive 3 gastei boas horas em Golden Axe, Shinobi, Valis III, Toki, Rocket Knight Adventures, Super Mônaco GP, Hang On, e muitos outros.
Mas o ano também foi do ouriço, o que me faz destacar o clássico Sonic 2, tanto o do Mega Drive quanto o do Master System. São jogos que não envelhecem, e cada versão tem o seu charme e grandes doses de diversão.

Partindo para uma geração à frente, tenho jogado muito o Ridge Racer 1. Curti tanto esse jogo no emulador que me senti obrigado a caçar o CD original para rodar no meu Playstation 2 e sentir na pele o que os jogadores sentiram no lançamento. Simplesmente não consigo enjoar deste jogo.


Por fim, O único jogo novo que joguei em 2011 foi outro jogo do ouriço: Sonic Colors para Wii. Este jogo foi uma grata surpresa, chegando de mansinho enquanto o pessoal estava ansioso por Sonic 4, para depois provar ser a melhor aventura 3D do ouriço desde Sonic Adventure. Tô me divertindo muito com esse game, e espero que a SEGA não invente moda nos futuros jogos do ouriço.




2011 foi um ano improdutivo ("gamisticamente falando") para mim. Posso dizer que não joguei nada novo, só mais do mesmo.

No PC, desestressei relembrando GTA - Vice City, que apesar de já velhinho, ainda me agrada muito e dediquei vários dias ao sempre animal Diablo II (que na verdade nunca parei de jogar). Este último em particular é o estilo de jogo que consome horas a fio e, pelo menos para mim, parece nunca enjoar. Como passei praticamente o ano com atenções voltadas a gravidez da minha esposa e agora com a minha princesa no colo, devo confessor que nem sei a quantas anda o Diablo III (já foi lançado? Estava previsto para o final de outubro...).

No meu caduquinho PS2 joguei vários títulos, sempre relembrando God of War I e II que sempre insisto em zerar novamente.


Enfim, entre esses e outros, claro, passei o ano jogando muito Master System, principalmente o jogo Master of Darkness, que sempre adorei. Ah, e claro, muito Mega Drive agora que, além do MD4 Guitar Idol que ganhei na promoção da Tec Toy, também adquiri dias atrás o MD Play, e devo dizer que estou impressionado com a qualidade do bixinho.





2011 foi um ano corrido pra mim, não tive muito tempo para os jogos e quando tinha eu não jogava pois não estava com cabeça para fazer algo por causa das coisas da vida. Sabe como é né, estudos e também como estou concluíndo o ensino médio aí já começo a pensar no exército, trabalho, faculdade, etc. É uma coisa complicada, e por causa disso eu acabei jogando bem pouco então nesse ano eu preferí terminar alguns jogos que eu tenho aqui. E daqueles que joguei os que merecem destaque foram esses:


Para o Nintendo Ds um jogo que curtí bastante foi Ninja Gaiden Dragon Sword. Quando ví que tinha saído um game do famoso ninja para o portátil da Nintendo eu fiquei super feliz. Os gráficos do jogo são incríveis e você vai se surpreender com o tamanho dos chefes, o som também não ficou devendo em nada, com boas músicas e muitos efeitos sonoros. Mas o que realmente surpreende é a maneira de jogar, é simplesmente genial você jogar com o portátil de lado e fazer quase todos os movimentos com a Stylus, se você curtiu jogar The Legend of Zelda Phantom Hourglass desse jeito em Ninja Gaiden você vai pirar porque aqui você vai correr, pular, dar espadadas, lançar shurikens, tudo isso ao mesmo tempo e com a Stylus, você realmente vai se sentir um ninja jogando isso hahaha.

Aproveitando a retrocompatibilidade com o GBA eu joguei F-Zero Maximum Velocity, um dos primeiros títulos para o portátil da Nintendo. Eu curto muito esse jogo pois me lembra muito da versão clássica do Super Nintendo. De cara parece ser um jogo fácil, mas quando jogar no expert vai ver que não é bem assim, tanto é que eu ainda não conseguí terminar com todas as naves. Por ser os primeiros jogos do portátil é incrível a quantidade de conteúdos adcionais que ele tem como um novo nível de dificuldade, novas naves e fases.

Os gráficos são bastante parecidos com o do Super Nintendo, com aquele famoso efeito de rotação nas pistas o MODE 7, as naves com a aparência em 3D pré renderizados são incríveis e mostravam um pouco do que o portátil era capaz. Como em todo F-Zero as músicas são muito boas e bem memoráveis, esse também é o primeiro F-Zero que não possui nenhum tema clássico, não que isso seja ruim até porque as músicas do jogo são boas, mas você vai sentir falta de ouvir o tema de Mute City ou Big Blue.

Agora se teve um jogo que joguei muito nesse ano foi Super Street Fighter 2. É incrível ver como os anos passam e esse jogo não enjoa, e é engraçado que cada vez que você joga acaba aprendendo algo diferente. Street Fighter não se passa de um simples jogo de luta onde você desfere voadoras e shoryukens que nem um doido, trata-se de um jogo com muita estratégia, que exige tempo pra entender cada coisa. Muitos falam que o Ryu e Ken são os melhores do jogo, mas se você observar bem você vê que não é bem assim, há um equilíbrio entre os lutadores no jogo, todos tem suas vantagens e desvantagens. E é aí que tá a graça no jogo pois tudo fica muito divertido quando você começa a estudar essas vantagens e desvantagens que cada lutador possui, e a situação fica mais engraçada ainda quando você joga contra aquele teu amigo mala que só escolhe o Ryu e você desce a porrada jogando com o Dhalsim.



Demais participantes do meme:


E é isso, galera! Espero que tenham gostado deste post. O tempo foi curto para os membros aqui no blog, mas sempre há como curtir bons jogos no meio da correria. =)

E você, amigo leitor, quais jogos tomaram seu tempo livre em 2011? Curtiu bastante este ano ou poderia ter sido melhor? Nos deixe saber nos comentários.

Abraços, e até o próximo post!

19 comentários:

  1. É sempre bom relembrar. Essa "retrospectiva" me fez refletir, to bem desatualizado, mas em 2012 vou arregaçar as mangas e correr atrás das novidades, rs. Abração!

    ResponderExcluir
  2. Fiquei muito interessado no Master of Darkness e Ninga Gaiden do DS. Gostei mesmo dos comentários.

    Quanto a SFII, gostaria de saber quais são as DESVANTAGENS do Ryu e do Ken.

    Bela participação.
    Arrasaram!

    ResponderExcluir
  3. Atualize a lista para com os links diretos.

    1/2 Orc
    http://goo.gl/iscTH

    Cosmic Effect
    http://goo.gl/UAuLD

    Gamer Caduco
    http://goo.gl/4KGOG

    GLStoque
    http://goo.gl/ZMMbO

    Marvox Brasil
    http://goo.gl/LGORj

    Museum do Games
    http://goo.gl/k9ibD

    Passagem Secreta
    http://goo.gl/choZ9

    QG Master
    http://goo.gl/sgdpD

    ResponderExcluir
  4. http://marcelnapraia2.blogspot.com/p/aprovados-2011.html

    Eu procuro diversificar e, fora os jogos que analiso para o blog, eu andei me debruçando sobre esses games que coloquei nessa lista (ainda faltam alguns ¬¬).

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  5. esse ano joguei muito no meu snes super mario rpg,donkey kong 2,earthworm jim,final fight 2,doom,wild guns,the adventures of batman and robin entre outros

    ResponderExcluir
  6. "Quanto a SFII, gostaria de saber quais são as DESVANTAGENS do Ryu e do Ken."

    talvez porque Ken é mais rápido e Ryu seja mais forte nos hadoukens e shoryukens...eu acho

    ResponderExcluir
  7. Achei muito bacana essa ideia de falar um pouco dos jogos que jogamos no decorrer do ano. Gostei bastante da lista de vocês, só jogão. =D

    @GLStoque
    Calma calma, vou tentar explicar:
    Mesmo o Ryu e o Ken serem considerados os personagens mais equilibrados do jogo, tem certos detalhes que podem dar desvantagens quando for lutar contra determinado lutador. Você já deve ter reparado que os golpes não são medidos apenas à força mas também à distâcia e ao ângulo do golpe (por isso que os chutes são chamados de Short (chute fraco), Forward (médio) e Roundhouse (forte) e os socos Jab, Strong e Fierce), agora tente dar uma voadora com o Forward e o Roundhouse kick do Ryu, são golpes idênticos porém com uma alteração na força, o que é um problema já que mesmo sendo um golpe de fácil acerto ele acaba sendo alvo fácil de anti-aéreos como o Fierce punch do E. Honda, por exemplo. Agora tente dar uma voadora com Forward e Roundhouse kick do Guile, apesar do Roundhouse tirar mais dano o Forward acaba sendo melhor por ser mais fácil de atingir o adversário. É claro que não é só esses pequenos detalhes que podem te garantir a vitória, tem que saber também o momento certo de usar os golpes especiais, o Hadouken do Ryu nem sempre funciona porque ele baixa a guarda e o adversário se aproveita muito dessa brecha para contra atacar com um Roundhouse kick. Um exemplo muito comum disso é quando você luta contra o Blanka, que sempre consegue te antingir com uma voadora nesse momento. Agora lembra que eu citei que o Forward kick do Guile faz a diferença? Aqui é um bom exemplo porque se caso você der uma voadora com Roundhouse kick a chance do Ryu voltar à pose normal e te atingir com um Shoryuken são maiores do que se tentar atingir ele com um Forward kick, já que esse golpe leva menos tempo pra atingir por causa do ângulo do chute. Então é aquilo que eu falei, cada personagem tem as suas vantagens e desvantagens, é só saber aproveitar as vantagens que tem e procurar não expor essas desvantagens.

    É uma coisa complicada mas que você pega o jeito com o tempo, eu espero que você tenha entendido com esses exemplos que eu coloquei aqui. Ah e não deixe de experimentar o Master of Darkness e o Ninja Gaiden, os dois são realmente incríveis!

    Um abraço à todos!

    ResponderExcluir
  8. Comentando por partes:

    Adinam A.
    Concordo plenamente que Sonic 2 não envelhece em ambos sistemas: Master e Mega. Impossível enjoar desses jogos, sempre empolgam muito.
    Sonic Colors é sensacional, me empolguei muito com esse jogo. Melhor que ele, só o Generations!

    Léo S.
    Caramba. Se tem um jogo em que eu me diverti jogando multiplayer online com amigos, foi Diablo II. Há muito tempo não o jogo, inclusive comentei sobre ele na semana passada. Quero só ver quando sair o III. Duro é não ter PC para rodá-lo! :(

    Matheus T.
    Sabe o amigo mala que só escolhe o Ryu? Então, esse sou eu! hahaha. Mas é que sou um bocado ruim em jogos de luta, exceto Pocket Fighter que eu consigo ganhar algumas vezes. Super Street Fighter 2 é um jogo ótimo mesmo, só tenho uma raiva tremenda do T-Hawk, mas paciência.

    ResponderExcluir
  9. Todo mundo jogo Sonic Colors em 2011, menos eu por que?

    Tenho um amigo que fala: - Quem zera God of War re-zera pelo menos 2 vezes. Ainda não conheci que tenha feito o contrário. Se tornará o grande clássico do PS2.

    ResponderExcluir
  10. GTA Vice City é imortal, gosto muito do clima década de 70/80 que o jogo passa e toda a liberdade de história que existe durante o jogo. Sonic 2 eu gosto muito da versão de Master System, talvez porque era a única versão que conseguia jogar em casa por não ter mega drive então existe esse carisma maior, agora Master of Darkness é show hein. Master System forever mesmo!

    ResponderExcluir
  11. Muito bom pessoal esse post esse ano eu zerei o Zelda Link Awakening dx de Game Boy Color no meu GBA.Fora que também zerei Magic Knight Reyarth pelo emulador de Snes .

    ResponderExcluir
  12. Gostei da seleção, tem dois jogos que me interessam aí: o Sonic 2 de Master (que só cheguei até a segunda fase, muito difícil) e o Ridge Racer de PS1... Será que é bom? Vou pegar o jogo aqui também pra rodar no PS1... rs

    ResponderExcluir
  13. Fala galera do QG Master!

    Legal o post de vocês. Só peço que adicionem o link do meu aí na lista de participantes:

    http://pointgamesbra.blogspot.com/2011/12/meme-o-que-voce-jogou-em-2011.html

    Abração!!

    ResponderExcluir
  14. Valeu,pessoal! Fico feliz que tenham curtido o post, foi muito divertido escrevê-lo! :)

    @Rafael Fernandes
    Pode jogar esse Ridge Racer sem medo pq é muito bom! Quem dera a versão do iPad ou do 3DS fosse tão boa quanto o original do PSX...de qualquer forma esse jogo é muito bom!

    @MarCel & Willi JRCW
    Valeu pelos links, assim que eu puder atualizo a lista e repasso para os outros blogs. Abraços

    ResponderExcluir
  15. Entendi o que você disse... e acho que depende muito da habilidade do jogador e tudo mais.... só que mesmo assim, alguns personagens são muito mais fáceis de dominar e com muito menos desvantagens.

    ResponderExcluir
  16. Maneiro essa proposta de mostrar o que estão jogando. Desenferrujei o Master velho final do ano passado e não me arrependo (só estou escrevendo menos! ops!) mas vale a pena. joguei pacas o Kenseiden e o Master of Combat, e posso dizer que o mesmo conselho do Street vale pra ele. Hayate pode ser um lutador ótimo e fácil, mas quando você pega as vantagens dos outros personagens... Meu poreferido no SF2, depois do Ryu (estranho, aqui as pessoas só jogam com o Ken!) é o Fei Long, não tem magias mas quando você pega o timing certo dos golpes, sai de baixo!
    Investi no Master of Darkness e ninja Gaiden (adeus poupança!) E creio que semana que vem estarei investindo algumas horas com eles!
    Parabéns pela matéria.

    ResponderExcluir
  17. ...Ah, sim! Tô jogando o Populous freneticamente, dessa vez não recomeço do inicio. Nunca passo do mundo 194, aff!
    E o Golden Axe, que achava tão dificil na adolescência tô zerando todo dia! rss

    ResponderExcluir
  18. Muito bacana, cheguei atrasado aqui no post, mas estou aqui hehe.

    Joguei muito mega drive para variar, sempre terminando algum sonic, nesse caso especifico sonic 3 and Knuckles. Joguei muito ps3 e xbox, que eu me lembre etava jogando alan wake.

    Encerrei o ano com chave de ouro jogando o sonic generations para ps3, excelente remake das versoes antigas, passeando por versoes de mega drive, dreamcast, ps3, wii .

    Se puderem acessem meu blog/podcast
    http://conexaonervosabr.blogspot.com.br/

    e me adicionem no facebook: sergiocaos

    ResponderExcluir