sexta-feira, 4 de julho de 2014

3DS Virtual Console - Game Gear no seu 3DS


Saudações galera!

Hoje vou aproveitar para escrever um pouco sobre a emulação do Game Gear, o nosso querido Master System de bolso, no Nintendo 3DS.

Taí um assunto meio polêmico, muitos defendem a venda de jogos antigos nas eShops da vida, enquanto que outros acham um absurdo pagar por jogos antigos que podem facilmente ser baixados de graça na internet. Eu mesmo tenho várias ROMs a disposição no meu Dingoo e emuladores de Master/GG para Android tem de sobra.

Mas pelo menos hoje não quero entrar nessa polêmica, o foco aqui é apresentar a minha experiência com o emulador do Game Gear para 3DS e o que achei dessa experiência.


Quando o 3DS foi anunciado, as possibilidades de ter jogos clássicos do Gameboy foi especulada e muito bem aceita, e claro considerando que no Wii tivemos emuladores não somente de plataformas clássicas da Nintendo, a galera começou a especular a possibilidade de ver jogos do Game Gear no novo portátil da Nintendo.

Passado algum tempo do lançamento, a SEGA anuncia jogos de Game Gear e os 3D Classics para a nossa alegria. Os emuladores foram desenvolvidos pela M2, uma empresa conhecida de quem já adquiriu alguns jogos clássicos da SEGA no PlayStation 3 ou Xbox 360. A M2 não se contenta em apenas disponibilizar o port do jogo para a plataforma em questão, ela ainda adiciona diversas opções de mapeamento de controle, de tamanho e resolução da tela, seleção de região do jogo, entre outras opções. Eu pirei demais com o port do Alex Kidd in Miracle World no PS3 onde colocaram a versão que vinha na memória do Master System II, sim aquela mesma onde o Alex comia hamburguer! :D

Já havia experimentado o 3D Space Harrier (que é excelente por sinal, deram nova vida ao jogo com os efeitos 3D) e dessa vez resolvi usar o 3DS para jogar o Defenders of Oasis que o Gaga havia sugerido recentemente. E devo adiantar, a M2 não decepcionou e mais uma vez fez um excelente trabalho!

SEGA does what Nintendon't...even on Nintendo platform

Assim que você compra o seu joguinho (US$ 4.99 na eShop americana) e executa o aplicativo, o jogo inicia em tela cheia respeitando o aspecto original do jogo. Tocando na tela inferior com a Stylus você tem acesso a algumas opções.


Detalhe: estas e as demais screenshots que se seguem
foram tiradas do meu 3DS, através do Miiverse

A primeira e a segunda opções são de Save State ("Restore Point"). O jogo em si é sempre salvo toda vez que você fecha o aplicativo, mas você pode criar seu próprio Restore Point. Já o Button Settings é o começo, o que torna este emulador superior ao que a Nintendo oferece com os jogos de Gameboy. O emulador vem configurado com os botões 1 e 2 mapeados para o B e o A. Caso essa configuração não te agrade você pode trocar o mapeamento dos botões ao seu gosto. É possível inclusive ter versões Rapid Fire (turbo) dos botões 1 e 2.


O modo Dot by Dot em 3D é de cair o queixo!

Já em Screen Settings,podemos escolher o tamanho da tela. Normal é a tela cheia respeitando o aspecto original. Dot by Dot é essa maravilha que você está vendo na screenshot acima, um frame de Game Gear cobrindo parte da tela. Detalhe é que nesse modo com o efeito 3D ligado você vê os botões mais à frente e a tela ao fundo, dando a impressão de estar jogando o próprio Game Gear. Até a luz power dá um efeito que faz mesmo parecer que é um LED posicionado atrás da borda preta, é sensacional! E pra completar, quando a bateria do 3DS está fraca essa luz de power vai apagando, indicando que é hora de recarregar seu 3DS. Seria interessante ver os botões sendo pressionados de acordo com as minhas ações, mas aí já tô querendo demais rsrsrs

Já o modo Full estica a tela, mesmo que tenha que distorcê-la, para cobrir toda a área da tela do 3DS. Nunca fui fã desse recurso mas é muito bom ver que está disponível para quem quiser jogar dessa forma.

Além disso podemos escolher a cor do frame no modo Dot by Dot. Sempre quis ter o Game Gear vermelho especial da Coca Cola lançado apenas no Japão? Você pode emular essa experiência aqui! Temos 4 opções de cores: preto original, azul, amarelo e vermelho. Por fim, Blur dá aquele efeito de blur que o Game Gear original tinha devido à tecnologia de LCDs na época, enquanto que Performance permite dar um overclock na emulação, embora eu não tenha visto muita diferença entre os modos disponíveis.

De fato o Game Gear estava à frente do seu tempo

A emulação é impecável e não fica nem um pouco atrás do que estamos acostumados a ver no Meka e Fusion, com a vantagem de ter o jogo disponível no bolso do jeito como deve ser e com a possibilidade de postar fotos da sua jogatina no Miiverse. A jogabilidade é caprichada e a quantidade de jogos disponíveis é muito boa, embora tenha ficado alguns bons jogos de fora e infelizmente não tenho visto mais a SEGA se movendo para lançar novos jogos, mas tô na torcida para que ressuscitem mais clássicos como Monster World II e Wonderboy original. Segue a lista de jogos disponíveis na eShop (16 ao todo):
  • Columns
  • Crystal Warriors    
  • Defenders of Oasis    
  • Dr. Robotnik's Mean Bean Machine    
  • Dragon Crystal    
  • G-LOC: Air Battle    
  • Shining Force: The Sword of Hajya    
  • Shinobi    
  • Sonic Blast    
  • Sonic Drift 2    
  • Sonic Labyrinth    
  • Sonic the Hedgehog    
  • Sonic the Hedgehog 2    
  • Sonic the Hedgehog: Triple Trouble    
  • Tails Adventure    
  • Vampire: Master of Darkness

Conclusão

Se você é um jogador purista e que quer curtir jogos de Game Gear de forma legal, recomendo fortemente o 3DS. Os efeitos 3D, as opções de tela e os jogos oferecidos são um bom motivo para emular o Game Gear de forma oficial nesta plataforma da Nintendo. Só lamento fortemente a quantidade de opções, gostaria muito de ver mais jogos pro Game Gear saindo na eShop, mas tomara que a SEGA lance mais jogos em breve, o Game Gear merece!




E por hoje é só amigos, o que acham do emulador do 3DS? Vale a pena pagar 5 obamas para jogar Game Gear ou vocês preferem baixar a ROM de graça na internet? Ou ainda, o ideal seria garimpar um Game Gear original? Nos deixe saber nos comentários.

O foco deste post foi puramente para analisar a emulação do Game Gear no 3DS, mas se quiserem podemos escrever um post discutindo sobre emulação gratuita vs coletâneas e ports para plataformas atuais.


Abraços e até o próximo post!

10 comentários:

  1. Sempre desejei o Game Gear quando era criança, mas como a condição financeira não era tão boa nunca pude ter o aparelho. Inclusive durante vários anos a jogatina no Master System era em Preto e Branco, pois não tínhamos condição de comprar uma TV em cores.
    Hoje tenho o emulador de Master System no PSP e jogo os clássicos que fizeram parte de minha infância. O 3DS é jogado mais pela minha filha e nunca baixei nenhum destes jogos do virtual console. Vou pesquisar estes jogos no e-shop e talvez comprar o Sonic 2 deste emulador no 3DS.
    Parabéns pela matéria!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também passei por algo parecido, Claudio. Minha condição era humilde. Perdi muita coisa da minha geração. Mas não estou reclamando, só dizendo, pois considero que acabei vencendo na vida e, hoje, meu problema é falta de tempo. Justamente por isso, costumo ser criterioso na hora de escolher o próximo console, pois detesto ver as traquitanas que comprei sem qualquer uso, só empilhando (embora isso aconteça bastante). Ainda bem que o mundo deu voltas e, hoje, nós podemos desfrutar de tesouros do passado (se o tempo deixar, né?). Valeu.

      Excluir
    2. Me identifiquei com vocês. Meu primeiro console foi o Wii, aos 27 anos. Perdi muita coisa e agora estou tentando recuperar o tempo perdido.

      Excluir
    3. Eu também desejei demais um Game Gear ou Gameboy, mas esses portáteis era só pra quem podia mesmo, era caro demais e meus pais achavam bobagem comprar um portátil de tela pequena quando se pode jogar numa tela grande.
      Mas hoje sou muito mais os portáteis, mesmo com suas telinhas pequenas proporcionam horas de diversão! Já perdi a conta de quanto joguei no meu DS original :)

      Excluir
  2. Muito legal o post Adinan. Nem imaginava que tinha pra vender os jogos para 3DS. Sensacional!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Leo, tem alguns jogos bem bacana da SEGA pro 3DS. Os 3D Classics são show de bola, adorei o 3D Space Harrier!

      Excluir
  3. Não conheço o emulador do 3DS, Adinan. Mas, a julgar pelo do Wii, deve ser perfeito. Pelo menos, essa é minha opinião sobre a emulação do VC (alguém me corrija se eu estiver errado). Mas, respondendo às perguntas, tenho muita curiosidade sobre emulação de qualidade alta, já que muitos jogos não estão disponíveis nos VCs da vida, mas não cogito comprar consoles antigos originais, pois, com a falta de tempo nos dias de hoje, ou um game tem save, ou não vou jogá-lo (rs), isso sem falar na dificuldade de encontrarmos fitas/cartuchos e talz. Meu voto: aguardo artigos legais sobre emulação de todo tipo (3DS, PSP, Dingoo, Android, ROMs gratuitas, etc.). Valeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Dcnauta, eu cheguei a fazer um especial sobre emulação de Master System, contando minha experiência desde a época de 1998 quando emulei Master pela primeira vez com o velho Massage para MS-DOS! Mas resumindo se você quer um bom emulador para Master e Game Gear recomendo o Kega Fusion ou o Meka 0.80, ambos são show de bola e com muitos recursos! Só não falo nada de ROMs pra não prejudicar o blog. Abraços :)

      Excluir
  4. Muito bacana o post, Adinan. Eu fiz um post sobre o Defenders of Oasis lá no Gagá Games e linkei para o seu review E para este post também, porque é serviço de utilidade pública :)

    Eu sei pouquíssimo sobre o Game Gear. Você recomenda algum jogo dessa lista aí? Dizem que esse Shinobi é muito bom, né? E para quem já jogou o primeiro Sonic, qual dos outros jogos da franquia você acha que é o melhor no Game Gear?

    Outro dia peguei o Crystal Warriors meio que no chute. É tipo um Fire Emblem, bem simples, com char design bacaninha e algumas ideias interessantes (sistema de elementais, possibilidade de dominar e usar monstros no combate). O que mata é que a música irrita muito e a interface é um desastre: você tem que abrir menus toda hora para distinguir amigos de inimigos, conferir HP, elementais etc. Enfim, mini-review aqui, rs... bacana o jogo, mas os defeitos são tão irritantes que acho que vou largar no meio.

    ResponderExcluir
  5. Opa aí sim Gagá, vou linkar o seu post aqui também :)

    Então dessa lista eu recomendo fortemente o Shinning Force (é o mesmo jogo do Sega CD só que portátil), Dragon Crystal (roguelike cai bem em qualquer portátil), Columns (puzzle também) e o primeiro Sonic que foi bem adaptado pro portátil tirando a última fase que ficou meio zuada por causa da telinha pequena.

    Falando em Sonic acho que o primeiro é o melhor, o 2 eu curti ele ficou mais rápido que o do Master por causa da tela menor, mas justamente por causa disso o jogo ficou muito tentativa e erro, já que não dá pra enxergar a fase toda, uma pena. O Blast achei feio o esquema de Sprites pré renderizados, e o Triple Trouble ainda preciso jogar pra conferir.

    Agora Shinobi joguei pouco mas achei legalzinho, lembra o Shinobi do Mega. Sonic Drift e Tails adventure são legais também, recomendo testar no emulador, pode ser que você goste deles. Crystal Warriors eu tô me coçando pra pegar, assisti o video e achei bem legal estilo Fire Emblem e com um design bacana de personagens, mas agora que você comentou dos menus e da música irritante acho que vou pegar Shinning Force no lugar dele, muito mais negócio rsrs

    ResponderExcluir