domingo, 15 de março de 2015

Lendas Urbanas...


Saudações Gente!
Antes da Internet expandir informação, a gente ainda caía bastante nas famosas "Lendas Urbanas". Não, não me refiro à Loiras de Banheiro ou Mangas com Leite. Você não é culpado por passar adiante, ainda rolava muita ingenuidade da molecada, mas havia uma maldadezinha em contar vantagem, criando estas lendas. As lendas urbanas dos video-games eram transmitidas pelo Brasil até lugares longínquos, mesmo com as revistas especializadas pra se ter parâmetro, e o incrível que era só no boca-a-boca, e meio mundo já acreditava! Reuni aqui algumas pérolas bem bizarras dos anos 90:


Ela é fichinha pra lendas a seguir!



18- Mônica prisoneira livre.
Para tentar explicar a localização gráfica de Mônica no Castelo do Dragão, alguns diziam que Mônica já estava enfeitiçada pelo Capitão Feio, por isso, com o time acabando em Game Over, ela viraria um monstro de sujeira. Na continuação, diziam que Mônica em pessoa podia zerar o jogo e salvar a si mesmo, o problema não era ela ter desaparecido, mas estava presa pelo encanto na Terra dos Monstros, por isso precisava da Cruz de Salamandra. Parecia uma grande conspiração, mas na Turma da Mônica em: O Resgate, uma senha realmente permitia usar Mônica, inclusive contra o Capitão Feio. Ponto pra lenda. 



17- Mais um boss secreto.
Não é mais segredo o chefe final de Masters of Combat. Mas, as lendas diziam que haviam mais um mestre secreto no jogo. Alguns apelidaram de "Predador" em ironia ao "The Alien". A prova disso seria a existência de 2 tracks que podem ser ouvidas no Options e nunca aparecem, mesmo zerando no Hard. Se alguém descobrir o segredo pra nós, nos avise!

16- Mario pra Master.
Um cara que fez parte da corrente foi zoado até dizer chega na locadora que eu frequentava com este mito. Tinha Mario pra Master,ele tinha até uma teoria que os protagonistas do Master costumavam ter as cores do console na roupa (O quê??) como Mônica, Bart, etc. Somente hoje posso dar alguma razão pra ele, pois descobri entre os títulos piratas asiáticos, o jogo Super Boy 4, que tinha todo o sistema e personagens do estilo Mario World, era uma forma de garantir o jogo do bigodudo para os Seguistas, o que irritava muito os jogadores era a coisa de que um console tinha um jogo e outro não. Daí você tinha que escolher. 




15- Garrafa de Leite.
O pior eram as expectativas dos donos de Master em encontrar os mesmos elementos da versão Mega de um mesmo jogo. Um boato dizia que em Castle of Ilusion, na fase dos doces, havia uma garrafa de leite com uma fase secreta. Só encontrei os lagos de leite protegidos por golfinhos (nunca entendi isso) e cair direto é morte certa. Talvez seja o café na fase dos cadernos e livros, mal transmitida esta informação na hora de passar adiante.

14 - Turbinando o Jogos de Verão.

Essa me foi transmitida pelo Adinan. Contaram-no que um jogador (overpower) consegui fazer o skatista pular de um lado do Half Pipe e cair do outro lado, como se fosse um full pipe. Conferindo vídeos e vários feras do game, não encontramos nenhuma proeza dessa provada. 

13- Muito prazer, Ayrton Senna!
Muitos fãs de cart almejaram o Ayrton Senna's Super Mônaco GP.  E estouraram buscas e alugueis do game, mas para a tristeza de muitos, você NÃO ERA o Ayrton Senna, mas o adversário dele. A lenda de que você encarnava o campeão brasileiro (com uma pontuação, em alguns boatos) serviu para fazer todo mundo conferir o game, mas acreditam que muitos demoraram pra entender, achando que estavam mesmo na pele do Senna? 

12- O Fim do Enduro.
Ainda falando de corridas. O Léo me lembrou deste achado! No período do Atari era divulgado que o jogo Enduro tinha um final e era possível alcançá-lo. O bonequinho saía do carro e levantava uma bandeirinha. Muito legalzinho, mas 99% dos jogos de Atari foram feitos para o jogador falhar. Lembro de apenas um jogo, o Adventure, que revolucionou exatamente por ter fim. 

 11- O Pai de Rita. 
Esse seria muito bacana. Se você avançou em Black Belt, deve ter sacado um quadro de um homem no cenário do quinto chefe, a Rita. A curiosidade gerou o boato, e chegou a ser divulgado que era o pai da vilã e tinha como enfrentá-lo! O personagem secreto nunca foi achado. Sorry!


10- Miki apaga Save.
Esse era de Phantasy Star. Em Motávia, encontramos Miki perguntando se você gosta dos jogos da Tectoy. Apesar da opção, houveram bairros inteiros em que todos os jogadores optavam pelo "sim". O motivo era o medo de algum dispositivo, como apagar o Save. A Tectoy podia não gostar...

9- Encontro com Sheng Long.
Nada de Dragonball. Esse foi divulgado mais nas capitais e até pintou numa revista. Com o sucesso do Street Fighter II. muita conspiração rolou. Antes mesmo de Reptile de Mortal  Kombat, havia um chefe final chamado Sheng Long, no primeiro jogo. Era necessário ganhar de perfect todos os rounds e empatar com Bison. Por isso, tanta gente já tinha confirmado... Dizem que a Capcom gostou da lenda ao ter criado Akuma em Super Street Fighter II Turbo.



8- Sonic tinha Marble Zone.
Como Sonic para Master System era diferente do Mega Drive! Além dos bônus stages, havia a lenda que tinha uma fase secreta pelas pedras no Mapa. Talvez não fosse tão mentira, pois acharam uma track da Marble Zone do Mega Drive na Rom do Master.  

7- Todo Mundo Odeia o Bison.
As lendas no Street Fighter eram as que mais pegavam. Quando terminavam de zerar os primeiros personagens, os jogadores sabiam que Chun-Li teve seu pai assassinado por Bison, que também matou o amigo de Guile. Mas a partir daí, em cada cidade, via os jogadores do fliper contarem um drama diferente. Blanka foi transformado em monstro por Bison, Bison também roubou o elefante de Dhalsim e até foi o autor do "assalto do açougue (!!)" do Honda!!! Quem conta um conto, realmente aumenta um ponto...

6- Espelho da Pérsia.
Pra minha alegria, em Prince of Pérsia aparece o espelho do personagem. Dividiam opiniões, pra uns o Espelho dependendo da forma que o vencia, lhe dava uma vida, pra outros dizia que se tocasse o espelho sem atacá-lo, você se uniria a ele. Já sabem o resultado da tentativa,né?



5- Alis está viva.
Decepcionante o fato de Alis de Phantasy Star ser tão marcante e ficado presa ao Master System. Divulgou-se a lenda que ela rondava algum lugar em Phantasy Star II. Alguns jogadores com o Game Genie descobriram um truque no laboratório de clones em que aparece a opção Alis para ressurreição, e surge um borrão deformado. Me leva a crer que queriam trazer Alis por meio de uma clonagem complicada mas abandonaram o projeto. Como tudo em PS II é macabro, deixa a Alis zumbi-ghoul deformada ali...


5- Tiger Robocop.
Essa é cômica. No papo de fliperama, principalmente SF II era muito comum ouvir asneiras, mas não se ofenda, jogador veterano, todos nós  falávamos ou ouvimos bobagens. As máquinas defeituosas que faziam o Guile dar 3 Sonic Boom (que o hadouken só desacelerava) ou Balrog dando hadouken eram chamadas de "Máquina Especial". Outro ponto eram os Personagens apelidados, como Dhalsim era "Macumba" (que preconceito!!) e "Guili" dava "Alexfull!" A placa de som não era boa, eu sei. Mas o pior eram os caras que ouviam e não liam, como um povo duma comunidade que queriam me convencer que o nome da Chun-Li era "Xáina" porque era isso que ouvia antes da luta...



4- Tails pra jogar.
Isso foi um belo cavalo de Tróia. Sonic 2 foi super comemorado pelos donos de Master, percebendo o que o console não foi esquecido.  Na capa, o Sonic de Asa-delta e Tails correndo no chão. Caímos de pato, todos nós os fãs de Sonic, pois a cada fase, aparecia uma cut-scene com Sonic e Tails, e acreditamos, fase por fase que Tails apareceria uma hora como personagem jogável. Tinha até gente dando dicas pra isso! Ledo engano. Tails é um personagem sequestrado (então porque ele estava onipresente nas telas de fase?) apenas pra encher linguiça. Você foi enganado.

3- Aranha de Óculos.
Um dos jogos considerados mais trash, o Spider Man; Return of Sinister Six, tinha alguns conceitos interessantes. Na primeira fase você tinha uma chave, na segunda uma bomba. Na terceira, numa base eletrônica, você tinha um óculos. Mas os óculos serviam pra que mesmo? Nunca vi utilidade naquele item. E as teorias são duas, dele enxergar na sala vermelha, ou achar outra passagem. Se alguém descobrir, aí eu acredito.

2- Escolhendo Goro.
Essa ouvi de uma única pessoa. dizia que Mortal Kombat de Mega Drive, Goro era um personagem jogável. talvez pudesse ser maneiro, talvez desse um problemão, mas nunca ninguém conseguiu. MK II  também tinha muitos mistérios, e além da ponte no Pit II, dos espinhos no Tomb e do ácido no Pool, havia um boato que a floresta petrificava, nunca vi ninguém conseguir isto.



1- Comprando Myau
Esse é famoso e clássico. Em Phantasy Star, o vendedor pede 1 milhão de mesetas por Myau. Como você não tem, ele pede o Pote Laconiano. Não é que teve gente que se dedicou a pagar o gato com dinheiro vivo?! Não rolou, pois Alis tem um limite no seu cartão de débito...

____________________________________________________
CONSIDERAÇÕES FINAIS
É isto. Existem outras, mas estas foram as que mais me chamaram a atenção. E então, gente? Já ouviu falar ou conhece uma lenda não publicada? Mande pra gente!

14 comentários:

  1. Excelente matéria!!
    Também ouvia muitas lendas na época, a do sonic 2 do master era uma das mais contadas e como torcia para que fosse verdade... Também tinha diversos amigos que diziam ter fechado o Enduro...
    Uma das lendas que também eram contadas sobre Street Fighter 2 era sobre atirar a pedra que havia no chão no cenário da Chun Li.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, amigo! A do Sonic 2, eu bem que tentei e fui persistente... tanto que é o Sonic que menos gosto, por causa deste "trauma". Fechar Enduro (eu era péssimo) nunca vi, na realidade, eu não entendia o conceito de "fechar um jogo" até ter um 8-bits. Essa da pedra da Chun-Li achei legal. Já ouvi, mas já ouvi ideias de usar as caixas do Guile ou as placas do Ryu. De SF tem várias outras lendas.
      Abraços

      Excluir
  2. Cara, post excelente! Eu passei um tempo tentando relembrar algumas lendas antigas e acabei não lembrando de muita coisa, o que me fez desistir de postar algo assim. Mas curioso que algumas dessas lendas que vc falou eu escutei na época: o fim no Enduro, fases do Sonic de Mega no Master (além das 3 que realmente existem), as que envolvem o Bison causando na vida dos outros personagens do Street Fighter 2, o fato da Chun Li chamar Xáina (kkkk) e o primo do vizinho da tia do cachorro que tinha conseguido comprar o Myau no PS.
    Agora essa de ressuscitar a Alis no PS2 realmente é macabra.
    Quanto ao do Black Belt, o cara do quadro não seria o último inimigo? Eu sempre achei isso! E ainda acho! rs
    As de feitos impossíveis que nem do Jogos de Verão são as melhores, sempre tinha o cara que tinha conseguido fazer isso e na hora de mostrar não conseguia por uma desculpa bem genérica... e o pior que a gente na inocência da infância ainda acreditava na desculpa.
    Mas apesar de tudo, essas coisas me dão saudades daquela época, tudo isso era bem "charmoso", em tempos que não tinha Internet pra desmentir. E olha que eu não inventava histórias, hein? hehehehe
    Ótimo post! Se lembrar de outras lendas, faça uma parte 2! XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Caduco. Eu até sabia mais, mas esqueci. Realmente, a gente acreditava nos sujeitos mentirosos (ou no Rio, os caôzeiros! rss), pq a gente sempre achava que sabia pouco. Acho que a onisciência da NET (que curiosamente emburreceu também) estragou a mágica da informação. Onde eu viajava com meu pai, encontrava os moleques do local, e ouvia novas estórias. Algumas bem regionais, outras eu ficava surpresa que todo mundo sabia.


      O da Alis, é bem macabro, aliás, PS 2 me causava um certo mal estar! rss O 1 e o 4 são alegres, épicos, evocam um certo respeito (que inclusive influenciou por parte dos fãs mudanças no remake) já PS 2 é frio, sombrio, e tem essas coisas que me deixariam com sono perturbado quando moleque.

      A do Black Belt, acho que você pode ter razão. Eu sempre ouvi que era o pai de Rika, um boss oculto, mas pode ser mesmo o Wang...

      Excluir
  3. Muito boa a matéria! Essa última, do Myau, já me veio na cabeça (quando jogava) de fazer. Ainda bem que não perdi tanto tempo assim, para me frustar depois. rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehehe Esta do Myau foi clássica e muita gente tentou. Perda de tempo, teria que matar tanto monstro que desistiria do jogo.

      Excluir
    2. Eu tentei e fiquei tão forte que consegui matar o demônio no sonho do governador

      Excluir
    3. O Sucubbus era um mero adorno do jogo e uma dica, mas podia ser vencido sim, rendia pouca experiência, pq você está dormindo! Com certeza, teve uma hora que não deu mais pra ganhar dinheiro rss.

      Excluir
  4. Em 1990 estourou entre meus colegas um boato que na memória interna do Master System 1 havia um jogo secreto: o RPG Ys .

    Entre o pessoal do MSX havia o sonho do Robocop (convertido do spectrum), ter uma música tipo rock, nunca ví esta versão e é impossível para um joguinho de 32k

    Aliás, creio que o MSX era o sistema mais cheio de boatos que havia. dava até raiva ver o fanatismo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, na verdade, o jogo secreto era o Hang-On. rss

      O MSX era um sistema bacana, as lendas agitavam, mesmo com suas curtas memórias! Adoro estes fantasias do passado.

      Excluir
  5. Bom dia! Eu como fã de Master System (na época de ouro dele, tive um Super Compact - o sem-fios, que aliás tenho muitos "causos" que aprontei com ele), meu pai não me deixava ter as coisas da moda, não é porque todo mundo tinha que eu precisava ter, sempre quis um Mega-Drive ou Super-Nintendo, e o PlayStation então quando foi lançado? Putz... Mas não era ruindade, meu pai me ensinou que o que eu precisasse ele nunca me deixaria faltar, o que fosse "supérfluo", que eu batalhasse pra isso. Isso me fez crescer já aprendendo a fazer negócios, arruma bicicletas dos colegas, cobrava e guardava minha grana, no fim acabou realmente passando a fase do desejo por outros consoles que eu jogava na casa dos amigos, parti pras bicicletas "chiques", guitarras, aí cheguei nos carros, e os video-games ficaram em segundo plano. Hoje, com 31 anos, me sentindo nostálgico, estou aguardando a chegada de um Master System 3 Collection usado que comprei no início da semana (com 74 jogos na memória, ainda dá pra botar cartucho - quase comprei um daqueles com 130 quando descobri que só poderia jogar com esses jogos, ainda bem que não fiz isso pois iria me arrepender), e dando uma sondada na net pra ver o que a galera andava comentando/falando sobre esse velho video-game descobri esse blog muito legal!

    E falando agora sobre esse post, algumas dessas "lendas" eu conheci/vi de perto. O que sei sobre eles:

    - 14 (Jogos de Verão) - Sim, o cara do skate passa reto no Half-Pipe. Consegui fazer/ver essa proeza 2 vezes jogando. Nunca consegui reproduzir o feito de propósito, se era alguma manobra errada na hora errada ou o quê, ambas as vezes aconteceram ao acaso, mas posso confirmar que isso acontece sim. Vi com meus próprios olhos, com minhas próprias mãos.

    - 8 (Sonic) - Pegava as 6 pedras e não aparecia fase secreta nenhuma no final, apenas o final tinha uma animação diferente. Eu sabia tão decor esse jogo cada detalhe dele, que eu tinha uma planilha (uma folha de caderno com uma "grade" e anotadas todas as vezes que dei final com data, tempo de jogo, pontuação, quantas vidas restaram, quantas morri e todos os detalhes que apareciam na tela final que não me lembro agora, uma pena que essa folha infelizmente se perdeu)... Eu era sócio daquele clube da Tec Toy, recebia as revistinhas, tinha o cartão, lembro das promoções pra enviar foto da tela final de determinados jogos e a maior pontuação ganhava brindes e tal, lembro das fotos péssimas do pessoal tirando das velhas TV de tubo onde na maioria das vezes nem dava pra ver nada, e quando tirei a maior pontuação da minha "vida" e sem ter morrido uma fase sequer, pegando tudo o que havia nas fases seja de argola, vidas e com o menor tempo possível - de todas as 200 mil vezes que dei final com meus longos 10 a 12 anos de vida até então - naquele dia a câmera não tinha filme e minha mãe não quis sair pra comprar pra mim, confesso que chorei naquele dia. Mas resumindo, eu conhecia esse jogo como a palma da mão, nunca vi qualquer fase secreta. Já o próximo tópico:

    - 4 (Sonic 2) - Sim! Nesse jogo havia uma tal "fase-secreta" ao se completar o jogo pegando as 6 pedras. A fase-final delas, o "chefão" era o que eu chamava de "Sonic Branco", e pra chegar nele era um sacrifício acertar o labirinto, pois errando qualquer saída, te mandava direto pra morte. E ao passar o chefão, o final também mudava, a animação era diferente, quando finalmente via-se o Tails "livre" ao invés de vê-lo "no céu" (que era como eu interpretava aquela imagem dele ao alto da animação, entendia que não tinha conseguido salvar ele, até que consegui descobrir a sexta e última pedra que me faltava).

    Não vejo a hora de chegar meu novo-velho console e tentar relembrar tudo isso...

    Obrigado pelo espaço :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Detalhe: Só após postar meu comentário eu fui ler os já postados antes, e vi que alguém falou sobre os "feitos impossíveis" do Jogos de Verão. O fato é que, até o momento onde eu li esse post hoje, eu nunca tinha ouvido falar qualquer coisa (nem comentado com ninguém sobre o esquema do Half-Pipe, até porque eu achei que era algo "normal" mas difícil de acontecer, como citei, tentei reproduzir isso e nunca consegui de propósito, aconteceu uma única segunda vez por acaso, na época, nunca achei o parâmetro que fazia isso acontecer (que botão ou sequência apertar e em qual momento). Mas sei o que fiz e vi (mesmo que sem querer) e afirmo, não era lenda não. Até porque eu era o único a ter Master System dentre meus amigos, não conversava sobre ele com mais ninguém nem via quase ninguém jogando, jogava sempre sozinho em casa... Mas posso afirmar, nesse caso, isso não é lenda não, só não sabia que era tão raro assim de alguém ver isso, até hoje...

      Excluir
    2. Oi Rafael,
      obrigado pelos comentários, o espaço é pra isto, confirmar ou contestar o que acreditamos que foi lenda ou verdade. Você contribuiu muito sobre o Jogos de Verão e os Sonics. Fã é isso mesmo, tem que ir a fundo! Apareça sempre.
      Abraços

      Excluir