terça-feira, 19 de março de 2019

Sessão do Aniversariante - 2019

Saudações amigos!

Aqui é o Adinan; recentemente completei 35 anos, a idade começando a demonstrar seus efeitos na minha pessoa, mas a paixão por games é a mesma desde os meus 7 anos de idade! :D

Para comemorar meu níver, bora recomendar alguns games que andei jogando recentemente!



Ghost Lion (NES)

Esse jogo é bem infame devido a boxart bizarra dele, que sinceramente fica bem perto do que vimos na capa do Megaman 1... Nesta capa você pensa que é algum jogo de ginástica devido as roupas da mulher na capa, mas é apenas um jRPG no final das contas.

Felizmente temos aqui um jogo bem melhor do que sua capa (a versão japonesa ficou ótima por sinal), fácil de aprender pois ele tem umas regras bem mais simples do que um RPG tradicional. Aqui não equipamos nada, as armas são selecionadas nos menus de batalha. As batalhas por turno servem para ganhar dinheiro mas não há pontos de experiência nesse jogo, pra subir de nível temos que coletar fragmentos de esperança espalhados pelas dungeons, eliminando assim a necessidade de grinding. Uma pena que as batalhas são frequentes demais, o que torna elas cansativas já que não temos incentivo em batalhar além da grana. Em compensação temos um sistema bem bacana de party onde a protagonista Maria está sozinha o jogo inteiro mas pode invocar guerreiros das armas que ela carrega, invocando desde o herói Moja como o mago Twana, cada um com seus comandos e poderes.

Eu poderia criar um post inteiro dele, gostei bastante do jogo, mas fica pra outra ocasião. Ah esse jogo é da Kemco, que na época não era famosa por jRPGs, mas atualmente ela vive só desse gênero no mobile! É bacana ver um RPG clássico vindo dos primórdios da empresa.

Shining Force (MD)


Decidi dar uma chance ao SEGA Forever pra Android... não sou muito fã da emulação deles, mas adoro os clássicos da série Shining, então resolvi baixar e jogar o Shining Collection, começando pelo Shining Force.

A emulação melhorou bastante, mas quero mesmo falar do jogo em si! Eu não joguei Shining Force na época mas os gráficos desse jogo me trazem uma nostalgia absurda! Não é o mais bonito em termos gráficos mas as cores e o traço me agradam tanto que nem sei explicar o porquê. E o gameplay, tá maravilhoso até hoje! Já joguei muito RPG tático mas esse é um dos mais divertidos! Não precisa de mestrado pra aprender a jogar, e as possibilidades são muitas, além dos personagens que são muito carismáticos, e as cenas animadas de batalha que nunca enjoam! É um RPG tático bastante imersivo!

Se você ainda não conhece, faça um favor a si mesmo e jogue Shining Force, vale muito a pena conhecer!

R-Type Dimensions (Switch)


R-Type foi um daqueles jogos de nave que a gente respeitava, mesmo que esse gênero estivesse ficando pra trás frente aos jogos de plataforma, luta e o crescente RPG.

Esse jogo tem uma dificuldade alta, mas ele toma o cuidado de não frustrar (muito) o jogador. Na verdade, o jogador perde a vida mas fica com aquela sensação de "Na próxima vou conseguir passar" que deixava o jogo viciante!

Dos ports da nossa época, o do PC Engine tava respeitável, mas o do Master é de longe o melhor port, com o jogo completo e boa jogabilidade, sem corte de tela e sprites respeitáveis!

Há alguns anos saiu o remake para Xbox 360 e depois PS3, onde era possível alternar entre os gráficos 2D clássicos do arcade, e os gráficos remodelados em 3D, mas mantendo a mesma jogabilidade. Esse remake é maravilhoso, no Switch então nem se fala, podendo jogar onde e quando quiser! E não somente os gráficos, mas a trilha sonora ganhou uma remasterização show de bola! Vá no YouTube e procure a música da primeira fase, a composição ficou muito empolgante, perfeita para embalar a jogatina!



É isso pessoal, abraços e até o próximo post!

3 comentários:

  1. Novamente, parabéns Adinan!!
    Sua lista é bem bacana neste mês. O Ghost Lion nunca tinha visto, mas parece bastante interessante! Aliás, tenho vontade de explorar mais esses primeiros RPG's. O Shining Force tem sido minha ocupação no momento. Estou quase terminando o 2, e o 1 já zerei, e ainda tem um bom fator Replay. Recomendo a versão do Gameboy Advanced que reescreve os arranjos sonoros e gráficos, mesmo sendo bem fiel ao original, e explora um sistema de Cards de habilidades de cada personagem.
    Agora, R-Type já era bom, com essa repaginada quero jogar o quanto antes.
    Parabéns novamente pelas dicas! ;)

    ResponderExcluir
  2. Saudações!
    Adinan, que belas dicas, hein?
    Este Ghost Lion, nunca tinha ouvido falar. Se fosse uns anos atrás, até experimentaria. Mas hoje, não sou mais tão paciente para RPGs... aliás, nunca fui muito (depois que conheci os "de mesa", meu interesse pelo gênero em videogame, caiu muito dada as limitações).
    Ainda assim, Shinning Force eu curto bastante, justamente, por ser menos RPG e mais tático. Somado ao fato de possuir essas animações durante os combates, tornam este game imperdível.
    Já R-Type, tem um lugarzinho especial em meu coração. Foi um dos primeiros que joguei no Master System e, só de lembrar dele, as músicas já ecoam em minha cabeça. Na época, acessava o sound test dele e ficava escutando as músicas "por horas". Até gravei essas (e de outros jogos também) em fitas cassetes, numa espécie de "coletânea gamer".
    Nossa! Só de relatar isto, já bateu aquela nostalgia gostosa, de um tempo muito bacana.
    Até mais!

    ResponderExcluir
  3. Só jogo bom kra gostei muito de cada um sitados clássicos para todos os gostos hein.

    ResponderExcluir